fbpx
Ressonância Harmônica, em áudio, pode mesmo mudar sua vida?
Ressonância Harmônica, em áudio, pode mesmo mudar sua vida?

Foi em 2014 que conheci o Hélio Couto e, em 2021, continuo sendo fã dele. Porém, tem algo importante que preciso te dizer para libertar você de algumas interpretações que podem te fazer mal. E não sou eu quem decide o que te faz mal ou não. Vou te dar os fatos e, logo após, você decidirá se pode te fazer mal ou não. Se fizer mal a você, basta parar. Se fizer bem, basta continuar.

Ao final deste artigo você vai:

  • Entender o que é e como funciona Ressonância Harmônica.
  • Saber qual embasamento (ou não) científico possui.
  • Descobrir os mitos que são contados.
  • Entender os reais benefícios.
  • Descobrir alternativas.

O Que é Ressonância Harmônica?

Para começar, a Ressonância Harmônica é um método criado pelo Hélio Couto para poder equilibrar a vida de seus alunos. Você responde um questionário, faz o pagamento e recebe um CD para tocar e usar, segundo o site do próprio Hélio Couto, “ondas de informação que limpam gradativamente crenças limitantes”. Então você “toca” isto diariamente. Diz-se que o áudio tem o poder de equilibrar suas energias e trazer abundância para sua vida. E é verdade que muitas pessoas experimentaram resultados incríveis.

Mas será que esses resultados não são placebo?

Ressonância Harmônica Funciona?

Será que basta parar um pouco e ouvir os áudios para conseguir ter uma vida melhor? Você vai descobrir.
Será que basta parar um pouco e ouvir os áudios para conseguir ter uma vida melhor? Você vai descobrir.

Com absoluta certeza.

Uma forma de entender isto é através do Experimento de Asch. Nossa mente tem incrível capacidade de equilibrar e ajustar tudo que for preciso de acordo apenas com nossas crenças. Isso fica mais evidente quando entendemos como são realizados os testes clínicos de medicamentos que ainda não foram liberados. Não importa qual for sua doença,

água com sal fará 40% das pessoas se curarem.

Não exatamente só isso. Mas o placebo é o uso de um elemento inerte (sem poder) em uma pessoa que acredita que o elemento é ativo (com poder). Sabe as pessoas no leito do hospital que precisam superar algo grave? Aquelas que possuem mais fé tem mais chances de sobreviverem e se recuperarem mais rapidamente. Mas, e sobre a Ressonância Harmônica? Vou te falar de dois problemas dela. Esses problemas são cientificamente provados (infelizmente, porque eu adoraria que não fossem).

Depois dos problemas, te falo do real poder da ressonância.

Ahh, entenda que não estou aqui para desprovar a eficácia do método Ressonância Harmônica criado pelo Hélio Couto. Na verdade, eu sou praticante de programação Neuro Linguística desde 2008 por culpa dele. Porém, foi somente em 2014 com uma palestra do Hélio Couto sobre PNL que eu decidi estudar com real esforço a PNL. Isso mudou e redefiniu minha vida. A minha intenção, neste artigo, é apenas dar uma luz para você sobre a RH (Ressonância Harmônica).

Você ficará com a luz e a verdade em mãos. Pura e simples.

Não vou usar a palavra “mentira” aqui porque considero desrespeitoso. Por outro lado, vou usar a palavra “crença” quando algo da Ressonância Harmônica for espiritual ao invés de científico. Não há problema algum com o espiritual, o único problema é quando você acredita que utiliza um método comprovado pela ciência. Isso possui repercussões perigosas para sua vida.

Vamos à verdade e à luz da Ressonância Harmônica.

Você Não Aprende Dormindo

Este é um gato que não está aprendendo nada novo enquanto dorme.
Este é um gato que não está aprendendo nada novo enquanto dorme.

Ahhh, como isso me deixa triste! 😢

Acho que foi em 2012 a primeira vez que tentei aprender enquanto dormia. Na época eu estava estudando muito e tive meu primeiro contato com um sistema simples para melhorar meu aprendizado. Eu chamava de “Centro de Auto Habilidades” (era parecido com um produto similar à Ressonância Harmônica do Hélio Couto). Era bonitinho, sabe? Eu estudava sobre tudo nesse sisteminha (que eram apenas várias palestras e aulas). Um dos testes que me fissurou foi a minha maior decepção…

Eu tentei, várias e várias vezes, aprender dormindo.

Olha que incrível que seria?! Eu não tenho muito saco pra aula, admito, então esse meu Centro de Auto Habilidades era voltado a usar meu tempo improdutivo (tipo transporte) e transformar em tempo produtivo. Tudo que eu precisava era prestar atenção no que estava passando nos fones de ouvido. Aliás, algumas palestras do Hélio Couto entraram nesse sisteminha de aprendizado.

Mas eu queria mais. Queria aprender dormindo.

Foi então que intensifiquei minha busca e meus testes bem antes de conhecer a Ressonância Harmônica. Tentei por várias semanas colocar a mesma aula enquanto dormia e nunca lembrava de coisa alguma. Comecei a pesquisar sobre isso e a encontrar várias pessoas relatando que haviam aprendido algo. Fiquei feliz e fui ainda mais a fundo (afinal, eu queria aquelas 8 horas de aprendizado enquanto dormia!).

Mas achei estudos científicos sobre aprendizado dormindo…

E comecei a achar mais e mais estudos. E aqui vem a relação com a Ressonância Harmônica: por um tempo eu acreditei que, apesar de não lembrar da aula, ela de alguma forma havia entrado no meu inconsciente. Juro que fiquei bem triste quando descobri que muitos cientistas já tentam fazer isso, mas nosso cérebro fica, basicamente, “desligado para o aprendizado”.

Já conseguiram implantar aprendizado olfativo e auditivo, porém.

Tipo assim, existe um lado do cérebro que fica “ligadão” porque precisa ouvir e sentir o bebê chorar, um invasor entrar na casa ou o cheiro de queimado. Essa área não possui alta cognição e não consegue te ajudar a discernir nem processar informação. É mais como um reflexo daqueles “bateu, chutou”. Por exemplo, nesse nível de percepção você não ouvirá um “bebê chorando”. Você ouvirá “ruído disruptivo”. Sua mente não consegue separar significados, mas apenas reagir.

Sabe quando você acorda assustado com um barulho?

Até hoje, vários estudos recentes tentam criar aprendizado durante o sono e é isso que um dos produtos relacionados à Ressonância Harmônica diz fazer. Hoje, 2019, com bastante esforço, é possível associar cigarro com cheiro ruim ou mesmo aumentar a chance (não 100%) de você associar a palavra “Guga” com “Elefante” porque foi repetido durante o seu sono over and over and over again. Nenhum tipo de ideia complexa foi provada ser eficaz (mas ainda vamos continuar tentando). Aliás, Hipnopedia é o nome do fenômeno de aprendizado durante o sono.

A área que identifica e processa informação fica “desligada”.

Então você não consegue, de fato, aprender enquanto dorme pelo simples motivo de que tudo que sua mente vai receber é “ruído, cheiro, ruído, cheiro, ruído”. Alguns ruídos acordam, outros apenas são ruídos. Ou seja, qualquer aula ou áudio que você puser enquanto dorme será apenas ruído. Na prática, você consegue ouvir e aprender até pouco antes de dormir. Assim que seu sono aprofunda, adeus aprendizado (apesar de ser aqui que, internamente, suas memórias são consolidadas).

Acima é a 1ª luz que tenho sobre Ressonância Harmônica.

Na verdade, sobre um dos produtos do Hélio Couto. O produto são várias vozes ao mesmo tempo falando em cada lado do ouvido e que você deve ouví-las enquanto dorme. Preciso dar uma luz sobre isto porque isto não é ciência e, mais importante, centenas de cientistas ao redor do mundo tentam fazer com que isto funcione. E não funciona, por mais que tentem. Precisei falar deste produto para poder te orientar melhor sobre os possíveis mitos da ressonância harmônica.

Agora vamos à parte que importa.

A segunda luz da Ressonância Harmônica é sobre a questão de energia do universo, da vida e da comprovação científica de que seus pensamentos podem alterar a água. Eu fiquei muito puto quando descobri isso, mas aquele experimento da água é uma farsa completa. É, isso é uma das coisas que você vai descobrir no próximo tópico.

Física Quântica é Uma Ciência

Esse é um gato assustado. Schrodinger tirou onda com a física quântica dizendo que o gato estaria vivo e morto dentro de uma caixa com veneno.
Esse é um gato assustado. Schrodinger tirou onda com a física quântica dizendo que o gato estaria vivo e morto dentro de uma caixa com veneno.

Entenda Saltos Quânticos Neste Vídeo

Adiciono isso aqui apenas para limpar você da ignorância.

E não veja isso como pejorativo para a Ressonância Harmônica, afinal, todos somos ignorantes sobre coisas que não sabemos. Apesar de respeitar bastante o Hélio Couto, existe algo que não está certo e isso é a física quântica. Não a física em si, mas a Religiosidade (ou Filosofia) Quântica. O que é isso? Bem, é como chamamos a expansão da ciência para o ramo da espiritualidade.

Física quântica é um troço difícil de entender, sabe?

Existem uns troços que super-posicionam, outros que não sabem se são onda ou partícula e temos até um mar de possibilidades e estatísticas. A física quântica é uma ciência muitcho louca, pra falar a verdade (bem mais do que a Ressonância Harmônica). Mas há um problema quando estudamos ela. Na verdade, há um problema quando estudamos pouco ou quando estudamos muito. Para você ter noção, “Física Quântica” é uma disciplina do Bacharelado em Física que somente é possível estudar depois de 2 anos e meio na graduação (antes disso, você não tem os pré-requisitos para entender). Como Engenheiro, eu atingi esses pré-requisitos e peguei um livro de física quântica na biblioteca para estudar. Mas vamos aos problemas…

Para quem estuda pouco, existe a relação com o macro.

Por exemplo, o “salto quântico” APENAS ocorre em escalas mínimas (10^-35). Uma bola de basquete, como mostrado no filme de pseudociência, “Quem Somos Nós?”, não possui superposição. Possui apenas uma posição. Sua mente não emite pensamentos para o universo (não provado pela ciência, pelo menos). Certo, falei isso tudo mas qual a relação com a Ressonância Harmônica?

Ressonância Harmônica é parte ciência, parte espiritualidade.

Tenho visto vários Coaches falando sobre física quântica e explicando que ela justifica os resultados do pensamento positivo. O Hélio Couto é um defensor dessa mesma linha de que a física quântica justifica os fenômenos. E lembra das duas pessoas que falei agora há pouco? A primeira, que estudou pouco sobre física quântica, sequer sabe que a nomenclatura correta é “Mecânica Quântica” ao invés de física. Essa pessoa possui um problema: ela interpreta os fenômenos de escala mínima em escala macro (visível).

O problema: mecânica quântica só existe em escalas mínimas.

Um leigo no assunto não compreende isso (agora você compreende, porém). Daí vem o segundo tipo de pessoa: a mecânica quântica é muito esquisita e até os pais dela são desgostosos com a imprevisibilidade da mesma. Alguns dos físicos mais instruídos acabam saindo do ramo da ciência e entrando no da espiritualidade. Não importa o quão entendido um físico seja sobre fenômenos quânticos, ele precisa respeitar a ciência.

Ciência é metodologia científica. Ressonância Harmônica não.

E, em resumo, se você diz que seu pensamento, intenção ou “energia” influenciam nos resultados da sua vida, a ciência exige que se comprove isso através da metodologia científica. Basicamente, isso significa que qualquer pessoa no planeta (provida das mesmas variáveis) vai conseguir os mesmos resultados. Nós conseguimos, constantemente, realizar o experimento de dupla fenda e ter resultados previsíveis. Isso é ciência.

Mas seu humor não vai fazer você atrair coisas boas.

Não pela ciência, pelo menos. E é preciso conectar isso com Ressonância Harmônica porque ela não é toda ciência (e falarei sobre a ciência em breve). A Ressonância Harmônica é espiritual e possui conexões com ciência. Então a luz que trago para você quanto a isso é que não existem resultados previsíveis quando se fala de “mentalidade”, “o segredo” nem “pensamento positivo”. Tudo isso é mentira? Não, são crenças.

E quem sou eu para julgar suas crenças?

Se você acredita em energia, tudo bem. Eu, por exemplo, conheci a teoria de Gaia assistindo o filme de Final Fantasy VII. E eu, realmente, acredito nela. Existem duas vertentes, uma delas é mitológica e fala de “Gaia, a Mãe Terra” enquanto a outra lida mais como ciência e interpreta a Terra como um organismo vivo (e nós somos apenas parte desse organismo). Abaixo tem um vídeo sobre como as árvores “conversam” que dá uma boa visão sobre Gaia.

Veja Este Vídeo Sobre Como as Árvores Conversam

Mas okay, voltando ao anterior…

Acredite no que quiser acreditar e será verdade, mas isso não significa que será ciência. Eu prefiro, hoje, acreditar em tudo do que negar tudo. Faço Tarot, Ayahuasca, Constelação Familiar, Reiki e até já testei Ressonância Harmônica. Mas mantenho a mente afiada em não desrespeitar as regras. Ciência possui regras e Ressonância Harmônica não segue essas regras, portanto, é preciso analisar como espiritualidade e não como ciência. Mas okay, tem uma pitada de ciência nela, né?

Conheça então as ondas binaurais e o infinito do cérebro!

Ondas Binaurais e Ressonância Harmônica

Ondas binaurais são simples e bastante eficazes, bastando usar um fone de ouvido.
Ondas binaurais são simples e bastante eficazes, bastando usar um fone de ouvido.

Ondas Binaurais foram descobertas em 1839 por Heinrich Wilhelm Dove. Elas são bem simples de explicar. Ninguém sabe porque isso acontece, mas se tivermos duas fontes de áudio (fones de ouvido) com frequências diferentes em cada ouvido, dependendo da diferença de frequência teremos efeitos diferentes.

Ondas Binaurais são ciência pura.

E eu trabalho ouvindo estas ondas.

Na verdade, enquanto escrevo isto estou ouvindo um áudio de ondas binaurais para foco e criatividade (vídeo acima). Todos os dias, enquanto trabalho, ouço o mesmo áudio. Vez ou outra, troco o áudio, mas continuo usando binaurais porque os efeitos psicológicos e fisiológicos são provados. Quer testar isso de verdade?

Faça esse teste para provar a veracidade…

Peça para alguém ouvir um áudio de ondas binaurais (por exemplo, o do link acima) e diga a essa pessoa que ela ficará eufórica e animada dentro de 30 minutos. Esconda o nome do vídeo e volte 30 minutos depois. O vídeo acima é uma binaural com diversas frequências (mais complexa) que gera “foco criativo” (algo importantíssimo para escrever artigos). Você dirá à pessoa que gerará tristeza mas, quando voltar, basta perguntar o real efeito.

E um dos produtos da Ressonância Harmônica parece ter binaural…

Isso significa que as histórias que estão sendo faladas no áudio pouco importam. Afinal, você irá dormir (e não vai discernir mais). Porém, aquele tempo anterior ao momento de dormir irá alterar seu modo de pensar. Digo isso porque usei, por bastante tempo, ondas binaurais logo antes de dormir com objetivos diversos. Usei para dormir melhor e para ter sonhos lúcidos, por exemplo.

E essa é a parte ciência da Ressonância Harmônica.

É simples, é rápida e é eficaz. Não subjugue. Mas e sobre as vozes e histórias da Ressonância Harmônica? São apenas vozes e histórias. Se você ouvir as metáforas, seu cérebro irá interpretar. Se dormir, seu cérebro irá apagar e não fará efeito. E você lembra o objetivo deste artigo? É, ele estava mascarado. A verdade é que eu acredito ser importante usar tudo ao nosso redor…

Mas e sobre ligar o áudio mesmo sem precisar ouvir e no volume zero?

Isso é pura mentira. Se você não estimula o dispositivo (fone de ouvido) com eletricidade, ele não vai vibrar. Se ele não vai vibrar, não existe onda. Se não existe som (volume 0), não existe onda. Isto aqui, diferente de tudo que falei acima, não somente não é ciência, mas é puro charlatanismo. Isto é errado, é mentira e é falso. Todo o resto pode ter interpretação sobre crenças, mas se você põe um áudio pra tocar sem som, não é áudio, não é onda e, principalmente, não vai te afetar. Mas tudo bem, você pode acreditar que seu pensamento alterar a realidade (e eu acredito nisto), mas você não pagar 200 reais para comprar um CD/MP3 sem som. Sei que você tem tudo para criar sua realidade e não precisa de mentiras para agregar à sua vida.

Temos apenas uma vida, sabe?

Pra quê duvidar de algo se podemos testar? A ciência é incrível (e deve ser respeitada) enquanto a espiritualidade é incompreensível e deve ser experimentada. Colocando a luz e entendendo o que é ciência e o que é espiritualidade pode ser a chave para desbloquear seu desenvolvimento. Nesse sentido, eu tenho um convite para você.

Não quero saber suas crenças.

Mas quero saber se você gostou dessa abordagem. Da abordagem de respeitar tudo e entender a fundo para poder usar o que for necessário para sermos melhores como pessoas. E se você é uma pessoa iluminada das trevas, por favor, se junte às centenas de pessoas iluminadas que estão me xingando nos comentários. Me surpreendi com o quanto de ofensas eu recebi mesmo por fazer um texto totalmente imparcial e mostrando apenas a verdade.

Às vezes eu esqueço que afasto estas pessoas da minha vida.

O tipo de pessoa que não acredita em vacinas ou que, simplesmente, decide ofender, xingar e humilhar aqueles que tentam mostrar a realidade como ela é. Olha, o que eu falei é “certo” e não é opinião, porque é uma análise científica sobre algo que se diz ser científico. Você não precisa me ofender, isso apenas te fará mal, entende? Ressonância Harmônica do Hélio Couto continuará sendo incrível para quem acredita, mas continuará sem ser ciência.

E a todas as pessoas que, respeitosamente, comentarem, muitíssimo obrigado. Vocês são a chama que faz com que este mundo cresça, porque não somente aceitam pessoas que pensam diferente, mas sabem distinguir que não precisamos entender tudo que é religião e, principalmente, que a ciência não precisa saber tudo.

Um grande abraço.


Rodrigo Nask

Sou Pó de Estrela que Bebe Pó de Café com Água.

217 comentários

DENIS · 1 de maio de 2022 às 11:25

Confesso que não agreguei nada lendo “isso” mas de qualquer forma venho aqui te parabenizar pela boa intenção de propagar sua opinião e também te aconselhar para que antes de escrever qualquer artigo, estude sobre o assunto profundamente. Se quiser refazer um artigo sobre o Hélio, assista as palestras, leia os livros e assim venha aqui dar seu feedback.

” Se o que tens a dizer não é mais belo que o silêncio, então cala-te. ”

Com Amor, Um somos nós

    Rodrigo Nask · 2 de maio de 2022 às 19:10

    ” Se o que tens a dizer não é mais belo que o silêncio, então cala-te. ” 👀

Rodrigo Nask · 4 de abril de 2022 às 10:53

teste

WENDEL · 26 de outubro de 2021 às 05:44

ESSE E MAIS UM QUE NAO ENTENDEU NADA SOBRE A MECANICA QUANTICA E O GRANDE PROBLEMA E ELE DIZER QUE NAO ESTA JULGANDO O PROF
MAIS NA VEDADE ESTA.SO AI VOCE VER QUEM NAO ESTA ALINHADO NA VERDADE
NUNCA VI PROFESSOR JULGAR OU CRITICAR OUTROS TRABALHOS NOSSO AMIGO AI TEM MUITO A APRENDER!

Athena · 23 de setembro de 2021 às 20:17

Quem é Rodrigo Nask perto do Prof.Hélio Couto?
Quem é você na fila do sus?

Primeiro ouça todas as palestras, depois leia os livros, peça sua RH e opine. ok?

    Rodrigo Nask · 16 de outubro de 2021 às 12:15

    Eu não sou ninguém, oras. 😀

    Marcos A. Guimarães · 17 de outubro de 2021 às 10:13

    Pelo que entendi sobre você é que você é alguém materialista na essência da palavra e nunca entendeu a mecânica quântica. E está tudo bem. Achei que contou uma piada quando disse que a experiência da dupla fenda apresentou resultados previsíveis. Kkkkk. . Te pergunto uma coisa. Quem você é? Dizer que é Rodrigo pode se tratar de uma mentira. Ou uma verdade.Vai depender da interpretação correta.

      Rodrigo Nask · 4 de novembro de 2021 às 10:15

      Tenho a leve impressão que você tentou me insultar ao me enquadrar numa determinada categoria de pessoas e remover minha individualidade.

      Mas você está certo, eu não sou o Rodrigo.
      Eu sou o Nask.

      Só quem me chama de Rodrigo é minha mãe. 🤣🤣🤣🤣🤣

Lucas Marini · 22 de setembro de 2021 às 14:21

Ah, pelo amor de Deus! Mais um que não se deu o trabalho de assistir às palestras do Hélio pra entender (preguiça que diz?) e vem falar do que não sabe. Faça-me o favor!
RH NÃO são ondas binaurais, muito menos pra ouvir dormindo. Os áudios que você citou, de várias vozes falando ao mesmo tempo, são os áudios de REPROGRAMAÇÃO, que é uma coisa diferente.

“Eu não consigo falar diretamente da RH, mas somente de assuntos correlacionados. RH não existe mas está sendo divulgada como fomentada pela Física Quântica o que é pura desinformação.” Aqui vc não só se contradiz como também fala de algo do qual não estudou profundamente. Pq pura desinformação? Vc já estudou todos os físicos? Leu todos os livros, muitos deles escritos por vencedores do Prêmio Nobel? Ou pra vc não vale?

“E o ponto que este artigo tenta focar é o seguinte: como você mesma falou, a ciência não compreende. Se a ciência não compreende, então como que pode ser fomentado por ela?” Entenda uma coisa: Vc vive em um SISTEMA (Matrix), quer vc saiba e acredite ou não, não importa. Vc tá inserido em um sistema que não quer que as pessoas saibam sobre como funciona o Universo simplesmente pra ninguém mudar de vida e continuar do jeito que tá. Ou vc acha que a elite, por exemplo, quer que a fome do mundo acaba ou que o favelado saia da favela?
A mesma coisa pra ciência: A ciência estuda certa coisas até certo ponto, até onde “dá na telha dela”. O que não é aceito é deixado de lado, ignorada. Não pq não é científico, mas porque não é considerada ciencia pq os atuais acadêmicos não se dão o trabalho de investigar, de verdade, e confirmar se é ou não verdade. Se fazem isso, vão ter que encarar a realidade e mudar a forma como levam suas vidas dentro de suas profissões.

Mais uma pessoa que escreve bem querendo desmerecer o trabalho dos outros sem estudar a fundo, com honestidade, antes de soltar “opiniões” com meias verdades.

E tenho dito.

    Rodrigo Nask · 16 de outubro de 2021 às 12:18

    Enquanto você acreditar que está inserido em um sistema que te impede de mudar, você nunca tomará responsabilidades pelos seus atos e viverá eternamente no vitimismo.

    Isso é triste. 🙁

Fernando · 13 de setembro de 2021 às 21:29

É engraçado… O pessoal começa a ver os vídeos do Hélio. Acham meio estranho e tals, aí vão pesquisar pra ver se não é charlatanismo…

Mas qdo chegam em um site que discorda do o HC diz, ficam puto e xingam o cara… Uai… Se tu não quer ouvir algo contrário ao que vc pensa, pq pesquisa exatamente isso no Google? Hahahahahha

    Rodrigo Nask · 15 de setembro de 2021 às 11:34

    Rapaz, nunca tinha pensado nisso.
    Mas agora que você falou, eu criei este artigo sem objetivo de pesquisa nenhum. Escrevi somente por escrever.

    Mas das mais de 1000 pessoas que acessam esse artigo todo mês, cerca de 20% pesquisaram exatamente “hélio couto charlatão” ou “hélio couto fraude”.
    E mesmo que a maioria dos comentários seja dos 80%, seu pensamento faz sentido.

    Pensando nessa maioria, por quê clicaram se nem estavam dispostas a ouvir?
    Isso quer dizer que decidiram que iriam me xingar desde o momento que clicaram no link! 😱

    Pô, Fernando, seu pensamento clareou minha visão aqui. Não é sobre o conteúdo do artigo, é sobre elas mesmas. Uau.

      Adriel · 16 de outubro de 2021 às 11:29

      Amigo você tem um q.i muito baixo. Apaga esse site. Vc ta fazendo um desfavor a humanidade.

      Rodrigo Nask · 4 de novembro de 2021 às 10:19

      Rapaz, não que venha ao caso, mas eu entrei no “departamento de educação especial” da UFRN por culpa de QI alto demais.

      Sei que você está procurando um insulto aleatório e julga que pessoas que não pensam como você são burras. Cara, lamento, mas você precisa estar no top 0,01% mais inteligentes pra poder cogitar dizer que eu tenho o QI baixo.

      E deixa te falar algo mais: ter QI alto dá uma tonelaaaada de problemas. Eu não tenho vantagem nenhuma em relação às pessoas “normais”. Logo, sendo sincero, do meu ponto de vista, falar que alguém tem QI baixo pode até ser um elogio porque eu sei que ela não precisou enfrentar o inferno que eu precisei.

Adriana · 5 de agosto de 2021 às 18:38

Creio que houve uma confusão no que diz respeito à RH e os áudios binaurais. A primeira é para enviar informações para a pessoa, em forma de ondas; e os áudios são reprogramações mentais. Tanto que o professor explica isso em uma de suas palestras: o áudio está “mascarado” como ondas do mar, mas o CD foi gravado em outra frequência. Porém, o que você mencionou em seu texto são verdades para você mesmo, já que está no paradigma materialista, ou seja, a realidade última. E há comprovações científicas, sim, de que não somos apenas um amontoado de ossos, carne e pele (há algumas no livro O Campo, da jornalista – não charlatã – Lynne McTaggart. Ali, a autora fala sobre diversos experimentos ignorados pelas “grandes publicações”, porque não eram do interesse de um punhado de poderosos que o conhecimento fosse divulgado – qualquer semelhança com o que ocorre na mídia atual não é coincidência). Até hoje, é a mesma toada: eles nos criam um problema, e nos vendem a solução; enfiam uma focinheira na cara de todo mundo, e transformam pessoas em cobaias. Tudo corroborado pela “ciência”, sem barreiras, na perfeita teoria do consentimento. Concordo que nossas crenças regem nossas vidas, afinal, o próprio Cristo foi pontual: “conforme credes, assim será”. Mas, você provavelmente acredita que o Mestre nunca tenha existido. Ok, tudo bem, sem problema. Cada um no seu paradigma.

    Rodrigo Nask · 11 de agosto de 2021 às 13:13

    Obrigado pelo comentário e educação, Adriana. 🙂
    Sobre suas observações, a “gravação mascarada” e “volume zero” são impossíveis do ponto de vista da ciência.

    As verdades que citei não são minhas, são da metodologia científica. Enquanto a RH se denominar “física quântica”, ela precisa seguir as regras da ciência. Ou seja, não é subjetivo.

    Sobre comprovações científicas, elas acontecem através de artigos científicos com testes duplo placebo repetíveis e publicados em revistas científicas de renome. Livros não precisam de autorização e nem “revisão dos pares” e não são considerados ciência. O livro “O Campo” está categorizado no mesmo lugar do livro “O Poder do Hábito”. Podem ser incríveis, mas não são ciência. Ciência não é subjetivo. Sabe, eu acredito que houve uma civilização mais avançada que a nossa que construiu as pirâmides mas, neste momento, isto é pseudo-ciência. Por mais que eu acredite e por mais que “hajam provas”, enquanto não for a corrente aceita pelas grandes publicações (que sim possuem interesses), eu não posso dizer que é ciência. Preciso falar a palavra “acredito que…”.

    Não existe relação nenhuma em eu acreditar na existência de Cristo (e eu acredito) com este artigo. Não entendi porque comentou isto e quais são as consequências disto. Eu conheço pessoas que não acreditam em Cristo e não vejo diferença. Outras pessoas acreditam nos outros nomes de Cristo e em deuses exatamente iguais. Não existe uma característica que se consiga pensar que seja causada por acreditar ou não em Cristo. Existem fanáticos religiosos que veem todos que pensam diferentes como “filhos de satanás” e pessoas que maltratam cachorrinhos. Mas acho que você não é esse tipo de pessoa.

    E adorei te responder, você é muito sensata e educada. Obrigado pelas suas observações. 🙂
    Acredito, na verdade, que pensamos exatamente igual.

Juan Motta · 16 de julho de 2021 às 00:40

Esse texto me fez pensar sobre um Ateu falando a inexistência de Deus. Primeiro de tudo, os áudios que o Autor fala não são Ressonância Harmônica e sim áudios de Reprograma Mental (Histórias e falas positivas ao dormir). O RH é um áudio que você toca diariamente no dia, durante alguns minutos. Segundo, se você não teve experiência ou evolução com isso, é a mesma coisa de um ateu não aceitar depois ou duvidar de pessoas que veem e sentem a presença de espíritos. Se você não sentiu, não quer dizer que não existe. Mas enfim, cada um com a sua crença, não é mesmo?

Se você não acreditar que existiu Jesus ou Khrisna que viveram a mil anos atrás não tem como provar cientificamente e nem por isso que dizer que não exista.

Mesmo assim, se tudo isso for somente crença ou“balela”, se faz as pessoas sentirem bem, evoluírem como pessoa o seu texto faz exatamente ao contrário. Só é um descrente que não soma na vida de ninguém.

    Rodrigo Nask · 21 de julho de 2021 às 08:19

    Rapaz, tu leu o artigo?
    Porque você tá me insultando porque eu escrevi coisas erradas.
    Daí você tá me corrigindo me mandando pensar exatamente o que tá escrito no texto.

    Acho que você não leu.
    Obrigado pelo insulto, porém. 🥰

Ral · 29 de junho de 2021 às 21:56

Dentro do contexto científico que abordou sobre a PNL e a Ressonância Harmônica, há retenção de conhecimento e reprogramação, quando executado de modo consciente e não durante o sono. Como obter melhores resultados, quando a Neurociência sabe que nosso foco quando fazemos mais de uma coisa fica dispersa. Quanto a ondas bineural, há resultados se em cada lado, colocamos mensagem multiplexida com as ondas portadoras? Obrigado.

    Rodrigo Nask · 21 de julho de 2021 às 08:21

    Onda bineural gera um “estado” com a diferença de frequência, em Hertz, das duas fontes sonoras.
    Bineural, por exmeplo, não funciona para quem é surdo de 1 ouvido.

    Você pode conferir a lista de efeitos com base na diferença de Hertz.
    Mas isto não significa que você consiga “entender” o que está sendo dito.

      Andréa · 28 de julho de 2021 às 18:08

      Me parece que vc nao leu o livro ou escutou todas as palestras requisitadas, parece que vc pegou uma situação bem superficialmente e quis transformar em artigo. E com isso me parece estar fazendo um deserviço, uma vez que vc se baseia extamento no paradigma newtoniano. E a ressonância vc paga se pode e se nao pode nao paga, quem sera o charlatao então???

      Rodrigo Nask · 11 de agosto de 2021 às 13:04

      Sim, eu peguei específica e profundamente uma situação: física quântica é ciência e não religião.
      E eu não tenho interesse de dedicar horas da minha vida para ver palestras que falam inverdades assim como você não tem interesse em dedicar centenas de horas para estudar física quântica.

Rodrigo Nask Bosta · 29 de junho de 2021 às 17:55

quanta bosta tu fala

    Rodrigo Nask · 8 de julho de 2021 às 07:48

    Eu sei que você tentou se esconder usando nome falso e email falso, mas inveja é fácil de descobrir.
    Apertei dois botões e descobri que você é de Guarulhos. Apertei mais dois botões, juntei os dados e achei você na minha lista de emails.

    Eita, acha que vou continuar te respondendo no Instagram igual agora que você tenta me apunhalar pelas costas?

    Fico feliz com sua inveja e hate, porém. Dizem que é sinal que estamos indo na direção correta.

M · 15 de junho de 2021 às 12:03

Rodrigo parece um animal sem conhecimento e sem educação! as respostas que voce dá já diz que tipo de pessoa voce é.

    Rodrigo Nask · 24 de junho de 2021 às 20:25

    Dentre 95% das respostas que eu dou, 5% eu mando a pessoa tomar no cu porque ela exagerou na dose, mas você escolheu me julgar por culpa dos 5% que são idiotas.

    Aliás, você faz parte dos 5%. Sabe como eu lido com pessoas mal educadas? Sendo um imbecil mal educado, então vá tomar no seu cu. 🙂

      CLAUDIO ROBERTO DE BARROS · 27 de junho de 2021 às 11:30

      Só uma sugestão: esse tipo de resposta realmente não convence ninguém, só afasta, vc precisa responder a altura do seu conhecimento, responder no mesmo baixo nível de quem te crítica só te iguala a ele.
      O seu conhecimento é válido, é sempre bom ter uma segunda opinião de qualquer assunto.

      Rodrigo Nask · 29 de junho de 2021 às 01:28

      É, você está certo. Obrigado por me relembrar. 🙏

Marcela Regina Ferreira de Araújo · 23 de abril de 2021 às 02:51

Texto bom, mas a ciência sem a espiritualidade é tão pobre e a espiritualidade sem a ciência é tão sem sentido. Devia estudar mais … Ainda bem que não se vive somente uma vez …

    Rodrigo Nask · 17 de maio de 2021 às 19:21

    Opa, Marcela. Sinto que você tentou me insultar, mas percebo que você usou o próprio argumento que eu usei no texto para isso.

    Então não sei o que te digo… que tal ler o texto de novo?
    Eu não sou seu inimigo.

      Fabiana · 23 de maio de 2021 às 10:51

      Parabéns pelo seu artigo. Adoro ver outros pontos de vista. Afinal ninguém é dono da verdade. E na vida precisamos de ação, muita ação e confiar em nosso potencial, não de técnicas milagrosas e muito menos “muletas”.

      Rodrigo Nask · 24 de junho de 2021 às 20:30

      Obrigado, Fabi. Acabei de responder uma dúzia de comentários me xingando por aqui.
      É bom ter alguém sensato que entende que isto é apenas uma análise objetiva.

      Eu não dou minha opinião neste texto mas, por algum motivo, tem muita gente me xingando.

      Obrigado por ser alguém sensata. <3

Gilson Paulo · 31 de março de 2021 às 11:13

Bom dia. Conseguiu ter sonhos lúcidos apenas com o binaural?

Devalcir Avanci · 25 de março de 2021 às 16:16

Existem assuntos que não são para pessoas normais entender, e afirmo existem infinitas possibilidades nos multiversos que só quem acessa sabe, muitos irão julgar o trabalho do Hélio, por não estarem preparados para tal conhecimento. Quem dera todos estivessem preparados para desfrutar desta ferramenta chamada ressonância harmônica.

    Rodrigo Nask · 25 de junho de 2021 às 00:59

    Esse tipo de pensamento é o início do extremismo religioso.

    Cuidado e, por favor, não me mate.

Priscila · 18 de março de 2021 às 08:33

Hei Rodrigo bom dia!!!

Bom dia!
Questionamentos são sempre bons e saudáveis quando realizados por pessoas com educação não é mesmo? Infelizmente existem pessoas que não sabem argumentar com fatos e vão logo para a ignorancia… (não estou falando de vc não viu)
A respeito do seu artigo sobre a física quantica, seria interessante dar uma olhada em físicos como Amit Gowswami, Fred Alan Wolf (Dr Quantun) e até médicos como Deepack Chopra e outras personalidades estudiosas desta ciência (sim, a física quantica existe rsrs!) Bruce Lipton,Greg Braden entre outros…
Sei que vc pode ter desanimado com a ressonância, mas vc acha realmente normal um cara igual Helio Couto??? o Cara da palestras de 3 horas seguidas, sabe nome de um trilão de livros e filmes, datas de nascimento e morte de milhares de personalidades, histórias, artigos… aquele cara é realmente metahumano rsrsrs.
Sim meu querido, existe algo por tras de tudo isso… e a ciencia aos poucos vem provando.
Parabens por compartilhar sua opinião e boa sorte nas pesquisas..
😉

    Rodrigo Nask · 25 de junho de 2021 às 00:58

    Hey, Pri! 🙂
    Muito obrigado por compartilhar.

    Sim, esse pessoal são Físicos Quânticos que, nos cursos de Física de Universidades, são chamados de “Filósofos Quânticos”.
    Eles foram muito além do que aprendam e saíram do que é fazer ciência para fazer filosofia.

    E adoro o que eles falam, é muito linda a interpretação SUBJETIVA da física quântica, mas o que estes incríveis senhores falam (por mais útil que seja) não é ciência. E se você prestar atenção (bastante atenção), perceberá que eles NUNCA falam que é ciência. Apenas exploram os pensamentos e possibilidades.

Anna · 12 de março de 2021 às 17:39

Nossa vc fez uma miscelâneade idéias
Falou de som binaural e ressonância harmônica, sendo que som binauralse escuta com fones e a RH nem volume sem fones se usa. Falou de PNL que tb é outro assunto nada a ver com a RH. Enfim, acredito que para refutar o trabalho do HC no que refere-se a RH com comprovação científica de verdade vc precisa envolver cientistas de verdade também ..rs. só fazer essa misturada de assuntos não vai adiantar, isso se vc realmentetem intenção de escrever de forma profunda e comprovar o que vc afirma. Grande abraço

    Rodrigo Nask · 25 de junho de 2021 às 00:56

    Rejeito o abraço de quem me ofende, Anna.

    Eu não tô refutando trabalho de ninguém, estou mostrando que não existe trabalho algum.
    Cadê os artigos científicos? Não tem.

    “O ônus da prova é do proponente da questão”, ou seja, quem precisa provar é quem cria a teoria.

    Se não qualquer maluco inventaria algo e seria verdade. É preciso provar (e não desprovar).

VLADIMIR SEVERO CALBO · 1 de março de 2021 às 01:40

Acredito que a ciência ainda é uma colcha de retalhos.. O que não pode atualmente ser comprovado cientificamente, não quer dizer que não seja real e físico. Apenas ainda pode não ter sido compreendido, estudado ou provado segundo os critérios científicos e tecnológicos atuais.. Muito do que se pensa ser crença, é real para alguns que conseguem viver essas experiências, mas ainda não puderam provar para todos utilizando a tecnologia atual. Vide as vivências extrafísicas do Prof. Wagner Borges, por exemplo …

    Rodrigo Nask · 25 de junho de 2021 às 00:53

    Se ainda não provou, então à luz da ciência, é mentira.
    Não quer dizer que não possa ser verdade mas, neste momento, é mentira.

    Mas o maior problema é: se fosse pra ser verdade (no futuro), onde estão os artigos científicos TENTANDO provar isto?

    Não tem.

Lucas · 12 de fevereiro de 2021 às 21:44

Boa noite Rodrigo. Realmente me estranha que o Helio Couto mesmo tendo estudado por tantos anos de sua vida sobre Mecânica Quântica, ainda fale sobre experimentos que não são comprovados cientificamente, afirmando serem ciência. Ou mesmo fale sobre coisas da espiritualidade como sendo ciência. Se é pseudociência, é pseudociência e ponto. Pode vir se provar verdade no futuro, pode, mas hoje em dia não é ciência. Abre uma incógnita na minha mente ele não ser claro sobre essa diferença entre o que é ciência e o que não é ciência. Muita gente ganha muito dinheiro em cima de alunos dele que acreditam que tudo que acompanha a palavra “quântica” é ciência.

claudia irene de oliveira rezende · 10 de fevereiro de 2021 às 15:42

Oi, Rodrigo. tudo bem? Gostei muito do seu texto. Sou descrente destas crenças que se dizem ciência. Somos bombardeados a todo tempo nas redes sociais com curas milagrosas espirituais e futuro próspero com apenas um pequeno cristal ou pedra preciosa. Não acredito nem em Florais. Creio na ciência ocidental e na oriental, desde que não sejam impregnadas de crenças religiosas. Terapias holisticas podem trazer tranquilidade, melhorar o fluxo sanguíneo e respiração, ocasionando melhorias na saúde mental e corporal, mas não vão reorganizar o seu DNA, nem reprogramar o seu cérebro, como dizem. Muita conversa e dinheiro rolam por aí. Saudações

    Rodrigo Nask · 10 de fevereiro de 2021 às 21:56

    Fico feliz, Cláudia.

    E você está certa: ciência é ciência, religião é religião.

    Aliás, já temos o método CRISPR para reprogramação de DNA

Levi Silva · 23 de janeiro de 2021 às 08:17

Maldade isso, Poxa vc acabou com meu efeito “placebo ”
Hora de voltar uma busca incessante por um novo método
Kk

Mônica · 18 de janeiro de 2021 às 14:07

Ola!
Li seu artigo, hoje, 18/01/21.
Minha primeira onda chegou no dia 20/12/20.
Fiz todos os estudos do caminho das palestras no EAD do professor Helio Couto.
Não se ofenda, mas prefiro continuar buscando informações diretamente no site dele.
Como vc mesmo disse, foi ele quem criou a RH. Enão, nada mais justo que buscar as informações com o pai da criança.
Eu fico triste em ver um texto assim, tão sem conhecimento acerca do qeu seja realmente o trabalho grandioso do professor Helio Couto. Percebe-se claramente que você não conhece, apenas acha que conhece. Seu cérebro reptliano realmente o comanda.
Acho que a sua des-informação atrapalha as pessoas que estão conhecendo o trabalho sério do professor.
Acho que vc deveria estudar um pouco mais o trabalho do professor.
Acho que cabe aqui a metáfora que ele tanto fala nas palestras….o perdão será dado, mas o vaso chinês deverá ser pago de qualquer jeito.
Aos que estão pesquisando sobre o trabalho do professor Helio Couto, sugiro irem direto na fonte. No site dele.

    Rodrigo Nask · 9 de fevereiro de 2021 às 22:28

    Eu ia falar que me sinto ofendido sarcasticamente, mas li teu comentário todo e você tá meio cheia de ódio.

    Olha, eu não me sinto ofendido, mas você está cega com tanta luz e deixou de enxergar.
    Me lembra os crentes que dizem que todos, menos eles, arderão no pior inferno.

    Apenas te desejo o melhor e ficaria feliz se seu ódio fosse entendido e controlado.

      Fernando · 26 de fevereiro de 2021 às 13:35

      Vc deveria saber do que está falando. Ressonância Harmônica são audios com histórias? De onde vc tirou essa mentira?

      Rodrigo Nask · 25 de junho de 2021 às 00:52

      Estava falando do outro produto dele, lamento por não ter sido claro.

    Daniela Socoloski · 19 de fevereiro de 2021 às 08:31

    Gratidão por falar de uma forma tão amorosa com ele. Você sabe. Cada um segue com suas escolhas e crenças. Se ele entende dessa maneira, a alma dele é responsável por isso e segue a vida.

      Rodrigo Nask · 25 de junho de 2021 às 01:02

      Ela falou de forma amorosa?

      Vou renomear “violência doméstica” como amor agora.

Pedro Presto · 5 de janeiro de 2021 às 09:21

Já encontramos uma “Teoria Científico Espiritual” amigo e ela se chama mecânica quântica, e outra, seu texto está tão equivocado que você confundiu ressonância harmônica com áudios paraliminares. A ressonância se utiliza das ondas escalares de Nikola Tesla, enquanto que as frequências paraliminares são as estórias das quais você se referiu como RH.

    Rodrigo Nask · 9 de fevereiro de 2021 às 22:32

    Mostre o artigo.
    Na tua crença eu não me meto, mas quer falar de ciência tem que mostrar o artigo e os experimentos.

    Se não, você é pra mim apenas uma pessoa que não vai tomar vacina.

      Filipe Neiwert · 28 de abril de 2021 às 23:38

      Lendo seu artigo,os comentários e as respostas aos mesmos já se pode ter uma noção do porque o mundo se encontra no atual estágio de evolução!!!as pessoas em sua quase totalidade não aceitam e nem buscam a verdade,elas só estão preocupadas em estarem certas,e a maior parte das discussões gira em torno disso,estar CERTO!!! gosto muito de uma frase que ouvia em uma rádio de um locutor”QUE SEJA SUA, SOMENTE SUA,A SUA VERDADE!! grande Abraço meu velho

      Rodrigo Nask · 17 de maio de 2021 às 19:16

      Frase incrível, Filipe. E concordo.

      Não nascemos para estar certos, nascemos para encontrarmos nossa verdade.
      Pior ainda: eu decidi bloquear os comentários e só entram os que eu aceito. Acredite, 1/3 dos comentários eu não aceito por serem muito agressivos (os que estão aqui aprovados não chegam aos pés daqueles que eu nego).

      Acho que este artigo foi uma grande lição de como manter a calma pra mim, porque sou insultado de tudo que é possível.

Rozilda · 3 de janeiro de 2021 às 19:28

Obrigada Rodrigo,você esclareceu todas as minhas dúvidas .Fui apresentada a essa RH por uma pessoa que acredita piamente.Comecei a ouvir as palestras,a pesquisar o que era essa tal de RH e ficava me perguntando o que isso tinha a ver com a mecânica quântica.Foi aqui que eu encontrei a verdade.Quanto a PNL ,a pessoa ficar dormindo com fones nos ouvidos,sei não….por duas vezes fiz isso e no outro dia quase que eu não consigo levantar pra ir trabalhar,passei o dia sonolenta🤣🤣🤣dormir com sons nos ouvidos não me fez bem😴😴😴

    Rodrigo Nask · 9 de fevereiro de 2021 às 22:34

    Hey, Rozilda!

    Eu comecei a dormir com som de chuva esses dias. É bem legal, é algo que não nos desperta e acaba tranquilizando um pouco. <3

Cassio · 30 de dezembro de 2020 às 23:41

Texto muito bem escrito! Parabéns especialmente pelo respeito e cuidado com que tratou temas tão polarizantes!
Minha sogra conheçou a obra do Hélio Couto neste ano, e está avidamente tentando convencer os parentes a conhecê-lo. Como sou formado em Física, ela me deu dois livros dele. Acho engraçado que ela pensa que eu já conheço técnicas avançadas de como lidar com as pessoas por causa da faculdade! Ah, se ela conhecesse como tem físicos que não sabem nem conversar, hahahahaa….

    Rodrigo Nask · 9 de fevereiro de 2021 às 22:35

    “Como assim você é físico e não sabe usar a frequência do pensamento positivo? Meu netinho não tá estudando?!”

    Cara, pior que fica engraçado quando se fala com alguém como você, que é da área e a galera entende completamente errado.

    É uma honra ter você aqui. 🙂

Vinicius De Oliveira Bastos · 13 de dezembro de 2020 às 23:26

Que perda de tempo ler esse texto.

Gabriel · 18 de novembro de 2020 às 06:47

Bom dia Rodrigo, as pessoas se apegam tanto com algo que vá mudar a vida delas que falar qualquer coisa contrária pode ser perigoso como vimos aí hahahaha é, eu concordo com você em alguns aspectos, em outros não.. como por exemplo: você já chegou a fazer algum tipo de desdobramento e acessou o lado espiritual? Se não, nao tem como você saber se a RH segue realmente metodologia científica ou não. Se tem resultados ou não. Pois ela afeta o lado espiritual. Obs 2: a Metodologia Científica da forma que é, segue padrões extremamente materialistas, e sabemos que essas leis que valem aqui não são as mesmas para o mundo dos espíritos.. ( podemos não saber que leis são essas, mas sabemos que são diferentes).. de qualquer forma, é sempre bom questionar, afinal, é o melhor jeito de impulsionarmos mudanças. Obrigado e grande abraço!

    Rodrigo Nask · 14 de dezembro de 2020 às 22:18

    Correto, Gabriel.

    O ponto é que ciência é materialista. Espiritualidade é imaterial.
    Não se pode usar as regras de um para julgar o outro. Cada um é especial no seu próprio quadrado enquanto não encontrarmos uma “Teoria Científico Espiritual”.

    Obrigado pelo seu tempo. <3

Eugenio · 16 de novembro de 2020 às 09:10

Tem que se estudar ciências no plano espiritual, ciências é tudo que funciona “1+1 continua sendo igual a 2 não importa o quanto você queira que seja 3.” O caso é aplicar ciências espirituais no mundo material.

João Felipe · 4 de novembro de 2020 às 21:56

Olá. Eu não estou defendendo e nem atacando coisa alguma. Só quero compartilhar meu entendimento: primeiro, pelo que entendo a ressonância harmônica não é aqueles áudios com duas estórias em cada lado; estes são somente áudios de reprogramação mental ou PNL. O Hélio Couto diz que nem sequer é necessário ouvir o som de ondas do mar da ressonância harmônica, pois esta opera, hipoteticamente, em outras dimensões. Esta ferramenta não é reprogramação mental ou PNL, mas transferência de informação e consciências arquetípicas supostamente registradas no vácuo quântico, o qual ele afirma poder acessar e do qual pode transferir por meio de ondas as referidas informações. Enfim. Não entrarei em mais detalhes. Mas de início, toda a tua crítica me parece equivocada em confundir a ressonância harmônica com os áudios de reprogramação mental ou PNL; são duas coisas diferentes. Então, para criticarmos algo, devemos ao menos o entender minimamente.

    Rodrigo Nask · 14 de dezembro de 2020 às 22:20

    Você está certo. Tive um problema com o backup do site e perdi o pedaço do artigo que falava sobre esse aspecto.
    Desde então, não tive saco pra refazer.

    Sobre as ondas, porém, há uma explicação bem profunda sobre o que é uma onda.

      MARCIO ORIKASSA · 9 de março de 2021 às 22:22

      Oi Rodrigo não sei se vc já ouviu falar de uma máquina que altera nosso inconsciente através de ressonância ? É maís ou menos que o Prof. Hélio Couto faz ? Vc já ouviu falar dessa máquina ,?

      Rodrigo Nask · 25 de junho de 2021 às 00:54

      Tem inúmeras formas de alterar nossa mente.

      Uma delas é por influência. Pessoas de alta influência te fazem acreditar no que elas quiserem.

      augusto neves · 25 de maio de 2021 às 17:59

      tenho que concordar com o joão felipe cara…não to aqi p defender o HELIO..não sou esses fanáticos q adotam o helio como pai nem nada..mas lendo seu texto parece que você ouvir falar da ressonancia bem superficialmente…vc ta confundindo ela com PNL.. O professore deixa bem claro no manual da ressonacia que não é recomendado ouvir dormindo pra começar…não é preciso usar fones de ouvido..não é preciso nem mesmo estar perto do som ,celular ou notebook q esteja reproduzindo o audio..pois a onda é personalizada pra vc..e ela vai atingir vc onde estiver…é pra ser colocado no volume zero..pois não é atraves do som q a informação é tranferida ela deixa bem claro isso tbm….
      e vou deixar aqi minha humilde opnião …acho q vc deveria fazer como eu fiz…quando ouvi falar da ressonancia ,meu primeiro impulso foi duvidar …pensei :”não acredito q um audio ,escutado no volume zero q eu posso escutar a distancia..vai ter algum efeito em mim” juro q não entrava isso na minha cabeça….mas como gosto de testar qualquer coisa antes de falar mal…fui lá pedi a RH….duvidando total do efeito dela…e vou te falar estou chocado …no dia q o lonk chegou assim q dei play( não estava de fone de ouvido nem nada) senti um zumbido no ouvido mto forte….e todo dia quando dou play na onda ..acontece o memso…fui pesquisar…varios usuarios da ferramenta estão tendo o mesmo sintomas..não todos…mas uma boa parte..como isso é possivel? se escuto no volume zero? outra coisa…. uma das coisas q pedi na ressonacia foi pra ter melhor qualidade de sono ..e aumento de libido..( eu estava tendo problemas pra ter ereção…com 27anos e brochando devido a minha ansiedade) e desde o primeiro dia q dei play ma rh ,estou curado dessde problema de um dia pro outro…nem acreditei…coisa de loco…qualquer coisa fico de pau duro kkk…estou bem menos ansioso e a libido ta perfeita….claro q nem tudo acontece rapido q nem magica….é exatemente por isso q o professor deixa bem claro q o processo é progressivo e grandes saltos ocorrem de 6 em 6 meses….
      então cara….faça como EU…eu tbm duvidei mas experimentei…e vc pelo jeito nao teve coragem de pedir..talvez pq não queria gastar,,,mas teste….e estude o livro mais a Rh…o livro mentes informadas do professor ta disponivel em pdf e vai te esclarecer muita coisa….
      tenho certeza q vai mudar sua opnião assim como eu….não teria como RH ser placebo se funcionou comigo mesmo eu duvidando p caramba…🤷‍♂️

      Rodrigo Nask · 24 de junho de 2021 às 20:29

      A definição de placebo é que funciona em 35% dos casos quando a pessoa de estudo não sabe o que esperar.
      Quando ela sabe (fé), essa porcentagem aumenta.

      Eu fico feliz que tenha curado seus problemas, como falei no texto: funciona para quem acredita.
      O ponto do texto é simples: RH é religião, não é ciência. Não existe comprovação.

      É apenas fé. E tá tudo bem.

Aline · 13 de outubro de 2020 às 18:11

Olá. Boa Tarde! Tenho assistido diversas palestras do Helio Couto em seu site oficial. Em uma delas, ele mostra-se indignado pelo fato das pessoas pedirem pra colocar a ressonância harmônica num CD. Segundo ele próprio afirmou, não precisaria ser um CD. Se a pessoa levar uma pedra de cristal ou um côco verde, funcionaria da mesma maneira. Pelo que entendi do trabalho, a ressonância seria uma tecnologia/onda de uma outra dimensão. A pessoa deve apertar o PLAY e deixar tocando no volume ZERO sem precisar estar no ambiente inclusive. Fiquei me questionando, se funciona exatamente desta maneira, e ele afirma que qualquer objeto como uma pedra ou côco servem para a ressonância, então as tais (ondas) inaudíveis não seriam a nossa própria crença? Se a pessoa acredita que precisa de um áudio (sem som), para mudar crenças limitantes, ou, de algo que seja colocado em uma pedra ou objeto qualquer, não é exatamente isso (a sua fé/crença de que isso funcione) que fará o (milagre), como um efeito placebo? Outro questionamento: Se para pedir a ressonância que custa cerca de R$300,00 (cada uma), é preciso assistir todos os vídeos dos caminhos da Palestras e ler alguns livros (e são muitos), ainda assim, as pessoas que ouviram tudo, leram, precisam do CD que não toca som por que razão? Eu não estou nem na metade das Palestras, me esforçarei para assistir tudo, mas até aqui o quê vejo é até uma certa repetição de ensinamentos. Resumidamente: Estudar, trabalhar, praticar o bem, amar o próximo. Acreditar que o que se deseja (já é seu) sem ficar se preocupando (como ou quando vai acontecer). Imaginar-se já vivendo a situação sem duvidar que é seu ou já alcançou. Parar de pedir coisas da segunda ou terceira escala (casa, carro, apartamento), porque se pedir iluminação espiritual (sexto degrau) TODO o resto será concedido. Ele deixa isso claro, então porquê ainda sim, precisa de PAGAR R$300,00 por um CD sem som? Gratidão quem puder explanar.

    Rodrigo Nask · 14 de dezembro de 2020 às 22:21

    MEU DEUS, DEU VONTADE DE LHE DAR UM BEIJO!
    Que incrível raciocínio!

    Rainel · 25 de dezembro de 2020 às 21:55

    Aline, não sei se você viu, mas também é oferecida a opção de obter a RH sem pagar absolutamente nada! Lhe parece mais confuso ainda? Então, talvez o assunto mereça mais reflexão.

    Thiago andre · 14 de janeiro de 2021 às 13:20

    Oi Aline, hj 14/01/21 estou na mesma fase que você estava na data de seu comentário, concordo plenamente com o que disse, o assunto é complexo e ao mesmo tempo simples demais depois que dá o click de como funciona, só estou tendo um problema no momento derrepente você tenha encarado de outra forma ou possa ter passado batido mesmo.. na palestra sobre “destino” no primeiro grupo de palestras sugeridos, quase lá no final o professor hélio comenta sobre uma ida dele a um zoológico e conta que em conversa com um dos responsáveis pelo local estaria chateado, bravo pois trouxeram a um tempo relativamente pequeno um casal de leões da África e até o momento eles já haviam tido 122 filhotes, estava chateado devido ao fato de que leões comem muito e causam um certo custo elevado. Este fato ele contou para explanar sobre como leões procriam muito e então necessitam de muitas (zebras ) para se alimentar. Trazendo em seguida uma analogia quanto seres pouco evoluídos (zebras) estariam em perigo frente a seres evoluídos e maldosos (leões) trazendo isso para nossa realidade.. pois bem o que me intrigou foi a quantidade de filhotes kk sei que parece irrelevante mas ele cita de forma séria sua viagem, a conversa e o fato porém é impossível um casal de leões ter 122 filhotes e isso me atrapalhou a acreditar nas aulas entende, como se uma inverdade estivesse me bloqueando a acreditar em tudo o resto.

      Karen · 21 de julho de 2021 às 01:20

      Eu ouvi essa questão dos 122 filhotes e tb me gerou certa estranheza, mas alguém sabe dizer sobre reações negativas após receber a RH por ter ouvido alguns relatos de situações como acidente, perder emprego, carro etc foi o que mexeu c meu psicológico, uma vez que procuro resolver problemas emocionais, síndrome pânico, medo,e ter q lidar com mais pensamentos de possíveis assaltos e acidentes por se tratar de uma limpeza. Podem dizer algo sobre isso, alguma experiência gratidão🙏🏻

      Rodrigo Nask · 21 de julho de 2021 às 08:23

      Eu preferi não falar a respeito deste caso, mas tenho um amigo que entrou em depressão profunda depois de testar a RH.
      Não há como dizer que a RH foi a causa, mas meu amigo passou 2 anos em terapia e até hoje sente terror da RH.

    Priscila · 24 de fevereiro de 2021 às 08:17

    Melhor comentário, comecei a questionar pois tudo o que ele ensina é repetitivo, como se quisesse que entrasse na nossa mente a força.
    Sou terapeuta vibracional e naturopata e nada do que ele ensina é novo, é tudo o que foi ensinado por Jesus, eis a definição de fé segundo a bíblia:
    Fé é acreditar em coisas que se esperam, a convicção de fatos que se não veem, independentemente daquilo que vemos, ou ouvimos”. — Hebreus 11:1.
    Nada mais que a tal cocriação da realidade, é mais fácil comprar uma bíblia, ler e praticar, do que enveredar em pseudociência.

    Fernanda · 25 de maio de 2021 às 16:04

    Não é pelo CD sem som que se paga, mas sim pelas onda personalizadas para vc.

      Rodrigo Nask · 24 de junho de 2021 às 20:33

      Não dá no mesmo?

    Carla · 19 de junho de 2021 às 21:03

    Não tem como ele aplicar um método sem que a pessoa esteja “fundamentada”…

      Rodrigo Nask · 24 de junho de 2021 às 20:31

      É, Carla. Aí onde entra a parte da fé.

      Tenho absoluta certeza que não funcionará para mim porque eu não acredito.

      Nada do Hélio é científico, mas geram uma imensa transformação nas pessoas que acreditam.
      Para quem não acredita, porém, não existe nada concreto.

Silvana Batista Souza · 3 de outubro de 2020 às 18:57

Parabéns pela matéria.
Abraço.

Roseani Cássia corrá Moreira · 2 de outubro de 2020 às 07:32

Li seu comentário e gostei muito, concordo com tudo que disse, gostaria de saber a respeito dos áudios que falou, pois Não consegui visualizar, gostaria de saber se poderia me enviar os áudios pra mim…desde já agradeço.

    Rodrigo Nask · 14 de dezembro de 2020 às 22:23

    Não, não tenho áudios. E isso seria pirataria.

      Cristiane · 23 de dezembro de 2020 às 11:26

      Rodrigo, vc falou sobre os binaurais, vc tem algum específico? Onde encontro?

      Rodrigo Nask · 9 de fevereiro de 2021 às 22:36

      Adoro essa: https://www.youtube.com/watch?v=pJ5FD9_Orbg

      Usei por anos para trabalhar 100% focado. Minha recomendação: explore esse canal e encontre as melhores PRA VOCÊ. 🙂

Silvana · 23 de setembro de 2020 às 18:25

Cara, seu artigo ta do caralho! Apesar de ser “mecanica-quanteira espiritualista”, eu concordo com muitas coisas que vc diz no seu artigo. Gosto da forma como vc deixa uma abertura no final do seu texto, pra gente estar aberto a acreditar e experimentar o que quisermos (ou mais ou menos isso!). Gravei um audio pra uma amiga portuguesa, lendo o seu artigo (que levou 20 minutos!), de tao interessante que eu achei o que voce escreveu. Parabens!!! (MEU TECLADO NAO TEM ACENTO MESMO NAO! KKKKK!)

    Rodrigo Nask · 14 de dezembro de 2020 às 22:30

    YEEEEEEEEEAAAAA!

    Obrigado pelo tempo de vocês duas, Silvana! 😀

Juliana · 20 de setembro de 2020 às 08:48

Estudos demonstram que os tons isocronicos são mais efetivos que binaurais.

    Rodrigo Nask · 14 de dezembro de 2020 às 22:30

    Eita! Nem sabia o que era isso, vou pesquisar.

    Ondas binaurais me dão paralisia do sono.

    Obrigado, Ju! 😀

Elano · 28 de agosto de 2020 às 10:28

Olá Rodrigo!
Li seu artigo e percebi seu interessante ponto de vista.
Realmente se for ver a RH só pela ciência atual (mecanicista, material, reducionista, newtoniana), ela se torna misticismo. A ciência ainda precisará de atualização de paradigma para que seja revista e compreendida a RH assim como a própria Mecânica Quântica – que deveria se chamar, a propósito, Mecânica Ondulatória.
O que seria interessante você fazer, se puder, claro, é trilhar os caminhos das palestras 1 e 3 e também ler o livro Mentes In-Formadas do HC assim você poderá “entender a fundo para poder usar o que for necessário para sermos melhores como pessoas”. O próprio HC fala o mesmo que você disse nessa frase numa das palestras quando aborda a superficialidade com que as pessoas buscadoras buscam o espiritual e assim se mantem numa zona de conforto.
(como o comentário é feito somente com palavras escritas e sabendo que estas expressam somente em torno de 7% da comunicação deixo claro aqui que não há sarcasmo, alfinetada nem nada do tipo, somente troca de informação)
Abraço T+

    Rodrigo Nask · 14 de dezembro de 2020 às 22:33

    Espero ansioso por esse dia, Elano.

    Sou louco por uma teoria unificada. <3

    Obrigado pelo seu tempo.

Thiago · 19 de agosto de 2020 às 14:05

Concordo em 100% cara!
O pessoal deveria o texto todo, é preciso desmistificar essa mistura que fazer de filosofia quântica e física quântica.

    Rodrigo Nask · 14 de dezembro de 2020 às 22:34

    Exatamente. Tem uma falha no texto que a galera fica forçando somente ela e quer descaracterizar tudo por isso.

    Cada macaco no seu galho. :p

    Valeu pelo seu tempo, Thiago.

Rute · 16 de agosto de 2020 às 02:40

Cara vc é fodástico.
O Hélio ganha rios de dinheiro nas costa dos imbecis que acreditam nessa balela.
Se não tem som, não é frequência e muito menos fisica.
E está longe de ser espiritualidade tbm. Tds somos espirituais ninguém precisa pagar por isso.
Todas as respostas estão dentro de nós. Basta compreender o que são crenças limitantes e ir se libertando delas se te fazem parar algo.
Uma besteira criada para ganhar dinheiro.

Maris · 9 de agosto de 2020 às 18:30

Prezado, se é ciência ou espiritualidade, não importa. O fato é que sua arrogância está comprovada por uma e outra. Boa sorte.

    Rodrigo Nask · 15 de agosto de 2020 às 14:28

    Já xingaram minha mãe, me ameaçaram de morte e até disseram que sou burro… mas arrogante?

    1+1 continua sendo igual a 2 não importa o quanto você queira que seja 3.

    Ciência é ciência, espiritualidade é espiritualidade.

    Eu vou ser mau educado agora: você é burra para um cacete.
    Mas arrogante eu não consigo encontrar onde.

      Bruno · 23 de setembro de 2020 às 21:16

      querido vc que estudou fisica quantica deveria saber que 1 + 1 = 2,xxx (alguma coisa) pois toda materia leva com ela energia e portanto de acordo com a propria fisica quantica 1 + 1 nao é apenas 2.

      Rodrigo Nask · 14 de dezembro de 2020 às 22:29

      Correto. Eu, que estudei física quântica, sei que você está errado. 😂
      Isso não existe, rapaz, é conversa de coach.

      jose · 30 de novembro de 2020 às 15:00

      MAL

      Rodrigo Nask · 14 de dezembro de 2020 às 22:16

      O BEM SEMPRE VENCE O MAL! 😂

      Lucas de sá mendizabal Mendizabal · 9 de dezembro de 2020 às 15:31

      Amigão existe tanta informação no universo que desconhecemos, você afirma que ressonância harmónica não é física sendo que a física não é uma invenção e sim descobertas e se existe algo um dia será explicado estude sobre nikola tesla que foi o homem que possibilitou que você tenha sua utilização da energia de corrente alternada, motores trifásico, controle remoto entre inúmeras invenções alem de seu tempo a grande obra dele ele não conseguiu terminar por falta de investimento que seria a utilização da energia das ondas escalares ou campo escalar, uma energia que não se limita e não se perde pela distancia esta mesma energia eu acredito que seja a possível transmissão da ressonância harmónica mas não afirmo e nem discordo sem que seja comprovado.

      Rodrigo Nask · 14 de dezembro de 2020 às 22:14

      Você está totalmente certo: existe taaaanto que desconhecemos nesse enorme universo.
      Incrível isso, né? 😍

      Mas, Lucas, eu estudei Física Quântica na faculdade.
      Ensino superior e tal, tá ligado?

      E não tem nada sobre cura do corpo ou parecido. Pode ter no futuro? Pode ser que sim, mas isso não muda o fato de que não tem no presente. :p

Jose · 5 de agosto de 2020 às 20:37

Primeiramente, dá p ver q vc n ouviu e nem leu o q deveria de Helio Couto e entender…muito menos. É bem claro nas palestras e apostila q NÃO SE ESCUTA A RH ao dormir, o qual ele explica nos vìdeos. Sobre o áudio, HC deixa bem explìcito q é uma tecnologia q n é daqui, tem som de mar para n haver pirataria. Pode deixar no ZERO pq a informação é recebida como ONDA….. putz hein…

    Rodrigo Nask · 15 de agosto de 2020 às 14:30

    Dá para ver que você comprou seu diploma do ensino fundamental no EJA.

    Tô de saco cheio de responder com carinho quando vem um imbecil como você que não se dá nem ao trabalho de LER o texto antes de vir falar alguma merda.

    Parabéns aí pelo seu diploma, mas imagino que não sirva para porcaria nenhuma.

    Chica · 19 de abril de 2021 às 15:26

    Precisa conhecer Obras do Amit Goswami para quem sabe falar da física das possibilidades….

      Rodrigo Nask · 17 de maio de 2021 às 19:24

      Precisa passar por, pelo menos 270 horas de Física Teórica e mais 180h de Laboratório de Física para poder ter os pré-requisitos para estudar Física Quântica.

      Isso, normalmente, ocorre no 4º ou 5º período de cursos de exata.

      O Amit é um dos maiores “filósofos quânticos” que existem, isso porque ele deixou de falar de física há muito tempo e hoje fala sobre filosofia.
      Entenda, se você não encontrou equações (e muitas), não é física, é filosofia, é religião.

      Você pode acreditar o que quiser, MENOS que vacina não possui eficácia porque seu pastor disse que não.

Yana · 17 de julho de 2020 às 02:13

Vc poderia deixar visível a resposta para o Marcos Vinícios? É também a minha dúvida. Muito obrigada

    Rodrigo Nask · 20 de julho de 2020 às 22:10

    Hey, Yana! 🙂

    Respondi ele no Zap.

    Mas posso te explicar sobre minha crença: prefiro acreditar em tudo e tanto faz o que for verdade ou não. Nós podemos absorver ou aprender com o que acreditamos, mas não conseguimos aprender com o que não acreditamos. Eu trabalho com Marketing, por exemplo, e algo que sempre falo aos meus clientes (até para aprovar um cliente) é que se ele não entender ou não acreditar, então não importa qual profissional ele contratar, vai dar errado.

Fernando · 1 de julho de 2020 às 12:24

Então!
Eu assisti muitos vídeos, li livros e fiz duas ondas da Ressonância Harmônica do Hélio Couto.

A princípio desde o início ficou claro para mim que não é física quântica, ele mesmo diz que o aúdio é uma “tecnologia”, ele explica muito bem a questão das ondas e da frequência, o áudio não tem som “audível”, mas ele não fala que a ressonância é uma frequência audível, tem muitas músicas e comerciais que tem várias mensagens subliminares e já fizeram estudos comprovando que haviam mensagens por trás destes, só que em frequências que nós humanos não conseguimos escutar, mas isso não quer dizer que nosso cérebro não retém a informação.

Em relação à ressonância tem muitos relatos positivos dos usuários na internet, se pra eles tá fazendo resultado e mudando a vida para melhor, é o que importa né? Quem no final vai se importar se é efeito placebo ou não?.

    Rodrigo Nask · 2 de julho de 2020 às 21:26

    Então… aí que tá o problema: se o volume tá em zero, a pecinha lá que emite som não emite. Então não é que o som é “inaudível para o ser humano”, é simplesmente que não existe som nenhum.

    Tudo que você põe fé acaba acontecendo, Fernando. Não é sobre ser efeito placebo ou não, é sobre as pessoas acharem que isso é Física Quântica.

    Não é. Isso é espiritualidade (que funciona muito bem). Separemos e fica tudo bem.

      Aline · 13 de outubro de 2020 às 17:39

      Olá Rodrigo. De certa forma, acredito que você tem sim um fundo de razão em sua explanação. Em um de seus vídeos/palestras o próprio Helio Couto mostra-se “estarrecido” com as pessoas que vão lá pedir pra tocar ressonância num CD, pois, segundo ele explica, não importa O MEIO e que a pessoa poderia pedir para colocar num CRISTAL ou NUM CÔCO VERDE e funcionaria da mesma maneira as tais ondas da ressonância. Ou seja, a crença da pessoa de que ALGO acontecerá é que fará as tais mudanças.

      Rodrigo Nask · 14 de dezembro de 2020 às 22:22

      Pois é. Minha ex namorada acreditava e ela sabia que eu não acredito.

      Mas eu disse pra ela “… se você acredita, então é verdade e, por consequência, se manifestará em sua vida”.

      Renata Ribeiro · 1 de dezembro de 2020 às 14:56

      Estranho os defensores da ressonância harmônica ( fique claro que não disse que não acredito que funcione ) porém por vários comentários vejo que não funciona mesmo… muitos buscam expansão da mente porém não respeita a opinião dos outros e ainda criticam com sarcasmo e grosseira… expansão para mim é evolução e ela não começa na mete e sim no coração… A ciência já provou que o coração tem muito mais capacidade de transformar uma vida do que a mente. Somos um todo interligados. Você já viu os pés de laranja cada um dar fruto em um.mes ???? Nao eles dão frutos na época certa e juntos cada espécie com os seus. Ressonância harmônica é espiritual sim porém eu cheguei num limite que evolui crendo amando agradecendo e sendo solidário em tudo que posso. Sua opinião é sua não somos iguais em gostos e nem em DNA porém algo é certo existe um soberano maior que todos nos que esta acima de todos nós e que está dentro de cada um de nós. QUER mudar sua vida Sem blábláblá e sem fórmulas mágicas esteja com yhwh dentro de você e vc dentro dele. Enquanto vc achar que você consegue algo sem pensar na unidade em si esqueça você somente está enganando a si mesmo…. Aliás amei o texto do autor. E lembre se a maioria que está bem de vida hoje com seus desejos manifestados nos usou para vender palestras, artigos, milagres dos 3 x 33 dos 108 e assim vai. Fato que deixaram de lado o Altíssimo que tudo criou e tudo fez para o nosso uso e sem cobrar nana…. A vc envio muita luz muita paz e evolução urgente

      Rodrigo Nask · 14 de dezembro de 2020 às 22:16

      Pensei em falar algo… mas vou apenas abaixar a cabeça, tirar meu chapéu e aplaudir.

      Obrigado pelo seu tempo, Renata. ❤

    Priscila · 24 de fevereiro de 2021 às 08:24

    Mas eu quero saber e até hoje não achei explicação, como essa suposta tecnologia vai para em um “áudio” sem som?
    Queremos saber isso, como isso é feito passo a passo, se é segredo não é pq não é real, ou ele quer esconder a galinha os ovos de ouro só para ele.
    Vamos raciocinar.

      Rodrigo Nask · 25 de junho de 2021 às 00:52

      Toda pirâmide financeira tem um modelo de negócios para ocultar sua natureza.
      O “áudio” é o meio que “justifica” a venda da ressonância.

      Afinal, o pessoal não parou pra pensar mas… se é tão etéreo, então não bastaria colocar um vídeo no Youtube?

    Bruna · 18 de abril de 2021 às 22:53

    Olá Rodrigo, caí de paraquedas aqui após pesquisa no Google. Amei o artigo e achei que vc foi super respeitoso com o trabalho do prof. Hélio Couto.
    Adorei ler os comentários, aprendi bastante inclusive! Eu entendo seu ponto de vista, pq a ciência pra ser ciência precisa ser testada e comprovada. Não é a toa que muitos estudos levaram anos e anos pra saírem da teoria.
    Então esse olhar mais racional é necessário para avancemos em tecnologia e para que não vivamos apenas no mundo das teorias e possibilidades.
    De outro lado é incrível esse interesse em despertar espiritual (e aqui não falo de religião) mas sim a busca pelo autoconhecimento e autodesenvolvimento porque cada dia que passa percebo que nossa interação com o nosso planeta e queremos entender melhor como tudo isso funciona e como devemos nos relacionar nessa interação.
    É aí que a ciência e espiritualidade se chocam porque a essas trocas não se conversam.
    São experiências muito individuais, que como vc disse trazem muito da crença humana.
    Vejo que todos aqui nos comentários tem essa ânsia, esse desejo de demonstrar que aquilo funciona (independente do que quer seja) e eu torço para alguém com esse desejo profundo não se canse até comprovar suas experiências através de um estudo comprovado cientificamente.

    Obrigada pelo artigo, trouxe mtos ensinamentos e esclarecimentos pra mim!

      Rodrigo Nask · 25 de junho de 2021 às 01:00

      Hey, Bruna, fico lisonjeado com sua educação com sua educação e carinho.
      🙂

Ana Maria · 27 de junho de 2020 às 19:41

Rodrigo, p* q* p*

Parabéns pelo texto. Penso como você no sentido de provar por si a realidade, respeitando as caixas já pré-estabelecidas, sabendo que há muito a ser descoberto ainda. Vida longa e próspera!

    Rodrigo Nask · 2 de julho de 2020 às 21:12

    Tu me dá um artigo da Veja que tu nem leu, seu filha da puta?

    O artigo fala exatamente o que eu falei: som e cheiro.

    Nada mais.

Marcell · 18 de junho de 2020 às 13:06

Leia os livros de Thomas Troward

Vanessa Leandro Pereira · 17 de junho de 2020 às 18:57

Acho que você precisa assistir as palestras novamente, isso que você descreveu são os áudios de Reprogramação Mental, a ressonância é completamente diferente.

    Rodrigo Nask · 2 de julho de 2020 às 21:23

    Leia de novo (e leia tudo)! 🙂

    Você pegou só a parte que queria criticar e veio nos comentários. Serve de nada assim, meu bem.

José Angelo · 13 de junho de 2020 às 22:38

Olá Rodrigo!
Meu caro, você escreveu sobre Ressonância Harmônica sem saber o que é, RH não se trata de colocar áudio para ouvir. É transmissão de informações a distância através de ondas (NÃO HÁ NECESSIDADE DE SOM AUDÍVEL). É uma pena que você além de não compreender o que é RH, não conhece o suficiente sobre as possibilidades da física quântica. Faço RH já a bastante tempo e tenho sido beneficiado.
Tenha cuidado com o que tenta disseminar.
Boa sorte!
Angelo

    Rodrigo Nask · 2 de julho de 2020 às 21:22

    Não existe som inaudível. Eu não consigo nem explicar isso porque… bem… é isso.
    Como que a gente detecta som? Ouvindo a frequência.
    Se você zera a frequência (ou seja, volume 0), então não existe frequência e é impossível detectar o som porque ele deixa de existir.

    Fico feliz que tem efeito para você, mas entende que isso daí é sua crença.
    Tem nada de ciência, deixe de ser ignorante e pare de acreditar em Messias.

    Jesus tá morto e deve tá é puto com esse monte de falcatrua que as pessoas acreditam.

      AECIO ARAUJO SILVA · 3 de setembro de 2020 às 13:41

      Olá amigo, estava lendo os comentários e vi muita discussão, sobre o volume no zero, mas acredito que tenha uma confusão no começo do seu texto que fala assim: “Para começar, a Ressonância Harmônica é um método criado pelo Hélio Couto para poder equilibrar a vida de seus alunos. Você responde um questionário, faz o pagamento e recebe um áudio com UMA HISTÓRIA EM CADA LADO DO FONE de ouvido.”

      Talvez vc tenha confundido RH com PNL quando foi explicar nesse trecho. A RH nao precisa escutar no fone de ouvido ate pq nao tem historia nenhuma apenas “ondas escalares”, ja a PNL sim vc escuta na hora de dormir e cada lado do fone tem uma historia diferente. Sou ressonante, paguei e nao veio historia nenhuma pra escutar em fone de ouvido, apenas som de mar. Percebi muita briga de vc e o pessoal quanto a isso, quanto ao artigo, gostei muito parabens.

      Rodrigo Nask · 14 de dezembro de 2020 às 22:32

      Confundi sim. Foi a única falha do texto, que resolvi rapidinho, mas a empresa que estava com o site perdeu meu backup do artigo e não tive paciência pra refazer. Sorry.

      E eu não tô brigando, pessoal que tá exaltado. :p

      Samuel · 24 de setembro de 2020 às 16:43

      Rodrigo, estou chegando tarde na conversa, mas, como estou interessado no assunto, queria dizer que concordo com seu texto. Porém preciso dizer uma coisa, a sua resposta ao José Angelo contém um erro. Frequência não necessariamente quer dizer som. Somos atravessados a todo momento por ondas de rádio sem que percebamos nenhum som. Quando vc zera o volume do rádio, vc simplesmente está tirando anulando a transformação das ondas emitidas em som, mas não está interrompendo a transmissão da onda. Era só isso mesmo… Abraço

      Rodrigo Nask · 14 de dezembro de 2020 às 22:28

      Perdão, Samuel. Acabei simplificando demais.

      Frequência é uma unidade matemática (não-vetorial).
      Uma onda oscilando entre picos (pontos altos) e vales (pontos baixos) possui uma unidade de frequência. Ou seja, a quantidade de vezes, num determinado tempo, que vale(s) passaram pelo instrumento de medição.

      Clarificando: se passaram 50 mil vales em 1 segundo, então temos uma onda de 50khz.
      Quando se zera a frequência de uma onda, significa que os picos e vales possuem mesma amplitude de altura. Ou seja, zero.

      Quando a frequência de uma onda é zero, então não existe. Não existe medição de energia. Não existe alteração ou interação com nenhuma das 4 forças naturais.

      Quando o “som” está no volume zero, ele deixa de ser som.
      Porque todo som é uma onda sonora. E, com zero frequência, não é uma onda.

      Marcelo · 27 de abril de 2021 às 15:42

      Quando oramos por outro a distancia também não se precisa de som, apenas fé. Estou estudando o material do Hèlio.

      Ele fala que não se precisa do cd, apenas crer e ponto final! O cd é para aqueles iniciantes que precisam de uma força.

      Para quem não tem condição ele não cobra nem o CD. Só identifica e crê no material do Hélio Couto quem quer.

      Foda-se no que cada um crê. Esteja você certo ou errado, você estará certo do mesmo modo.

      Rodrigo Nask · 17 de maio de 2021 às 19:19

      Exatamente, é isso mesmo.
      Fé é fé e não precisa de justificativa.
      Mas física quântica é uma ciência e precisa seguir regras.

Mina · 20 de maio de 2020 às 11:43

Concordo em partes. Acredito que a RH tem algo de placebo sim. O Hélio é quem colapsa a função de onda dos pedidos de todos. Isso quer dizer que qualquer um pode colapsar o que quer que seja pra quem autoriza isso. Então, se a pessoa realmente deseja uma mudança, ela colapsa sozinha, só que ela não se da conta disso. Eu vejo a RH como a caixa do gato de Schrödinger. O Hélio manda uma caixa pra cada pedido. E qdo a pessoa toca o áudio, ela que colapsa. Daí ela acreditar ou não se vai encontrar um gato vivo ou morto ou se terá seus desejos atendidos ou não. A maioria não tem pq a pessoa acredita em varinhas mágicas. Não sabe que precisa agir para que aquilo se manifeste. O problema é que as pessoas querem as coisas de bandeja. Eu pago um valor pra vc fazer por mim, pq não tenho tempo de estudar e entender. Não quero descobrir que eu preciso trabalhar para o Todo, eu quero autoconhecimento pq eu quero melhorar a mim, mas para mim e não para o outro ou para o Todo…. e qdo atingir meu objetivo material, tenho que ajudar os outros? A maioria é egoista, qdo sabe de algo não divide. Pq vc acha que não existem relatos nomeados de pessoas que colapsam tudo? Pq ela acredita que se ela divide o que ela faz pra conseguir as coisas, as pessoas não acreditam ou estarão no mesmo nível delas. Essa dimensão não está preparada para divisão, para igualdade. E a RH não é pra ser usada antes de dormir, ele mesmo diz isso nas palestras. É pra deixar tocar o áudio e ir fazer outra coisa.

    Rodrigo Nask · 2 de julho de 2020 às 21:19

    Que coisa linda que você escreveu! Leiam isto! 🙂

    Façam o seu e o resto virá. Amei, Mina.

      Daniela · 22 de março de 2021 às 11:38

      Olá!
      Li seu texto acima, e achei bem interessante o seu ponto de vista! Como tudo é questão de opinião mesmo né! Embora com comprovação científica ou não, é um ponto de vista! A Ressonancia harmônica não é um áudio binaural, os áudios binaurais com histórias aleatórias em um ouvido e outro, são reprogramações mentais! Já a Ressonância Harmônica, sugiro que para você realmente tirar suas próprias conclusões de maneira mais justa peça uma onda da RH, e pode solicitar de forma gratuita hein! Demora mais mas chega! Aí vc sente na pele! Aí meu amigo você tem todo o respaldo propriedade para realmente julgar algo com responsabilidade pessoal!

      Rodrigo Nask · 25 de junho de 2021 às 00:48

      Não, ciência não é questão de opinião e eu não dei minha opinião neste artigo, foram apenas fatos.

      Ciência existe certo, errado, verdadeiro e falso.

      Eu não tenho respaldo para julgar o poder de uma oração na vida de uma pessoa.
      Mas tenho completo respaldo para julgar o poder de um “aparato científico” como sendo falso.

      E a ressonância harmônica é um aparato científico falso. Uma falcatrua (isso é opinião).

      Daniela · 22 de março de 2021 às 11:58

      Rodrigo, se desafie! Peça a RH , como falei antes, de forma gratuita, e coloque o áudio tocar diariamente, e esqueça, apenas faça isso! De forma despretenciosa, como quando vc acorda e abre a janela para o ar entrar! Eu no início fiz assim! Depois de assistir inúmeras palestras, aliás o caminho das palestras 1 e 3 pedi a RH, fiz a lista de pedidos, aí chegou o áudio, o link , e toquei diariamente, e nem dava bola, esquecia mesmo … meu amigo , dia após dia tu não tem ideia, minha vida virou de ponta cabeça! Realmente! Eu que “ paguei pra ver”, pois sempre fui do “ ver pra crer”, eu fiquei é assustada isso sim! Aconteceu tanta coisa na minha vida que antes era uma vida normal, sem grandes acontecimentos, sem tanta intensidade… q agora acredito mais em Deus! Pois tenho certeza q algo muito inteligente e superior rege e orquestra este planeta aqui! O mais louco disto tudo é que eu sempre incrédula das coisas, sempre muito desconfiada, fiquei é abismada, a palavra q me cabe até o presente momento! Te juro, faça peça uma onda, vc não precisa gastar $$ o pedido gratuito demora três meses pra vir, sei pq vi relatos de quem pedia assim, na maioria das vezes por não terem $$. Eu paguei , mas Rodrigo vc não tem nada a perder! E outra, queria saber dessa experiência com vc, q tbm assim como eu não acreditava até viver na pele ! É muito doido! Faça e me conta! Vai ser muita troca de experiências! Mas já te aviso! Faça como eu, sem pretensão alguma! Faz tua parte, toca o áudio ( volume zero), e esquece vai vivendo a vida! Faz logo!! Pq a gente ressonante precisa de alguém pra trocar experiências e vc pelo pouco q percebi é uma pessoa aberta a experiências! Se cuide e pensa nisso! Um abraço 🤗

      Rodrigo Nask · 25 de junho de 2021 às 00:46

      Sim, Dani, sou aberto, mas somente para o espiritual.
      A Ressonância Harmônica é uma farsa mal arquitetada da ciência. Eu não faço testes com o que sei que é mentira (eu não dei minha opinião no artigo sobre a ressonância, mas aqui está minha opinião).
      Sei que funcionou pra você e não quero desaprovar isto, mas sei que foi sua fé e sua força interior que causaram as mudanças na sua vida.

      E, para isto, te dou os parabéns, pois mudar a vida de ponta cabeça é algo incrível. 🙂

Agda · 22 de abril de 2020 às 08:34

Que postagem incoerente. Basta ler um pouco do trabalho do Hélio, que fica notório essa postagem com argumentos totalmente sem nexo.

    Rodrigo Nask · 2 de julho de 2020 às 21:27

    Pois é… o trabalho do Hélio fala que o trabalho do Hélio é real.

    Devemos confiar 100% nisso, né? Afinal, ele tá falando.

      Marcelo · 27 de abril de 2021 às 15:48

      E porque o Hélio é uma farsa e vc não? Pq o trabalho do Hélio não é real e sua opinião é? Pq vc está certo e ele errado? Quem não garanta que eu esteja certo e vcs errado? Seu diploma?

      Sabe para que serve diplomas hj em dia? Para limpar o …..

      Rodrigo Nask · 17 de maio de 2021 às 19:18

      Isso está explicado no artigo, Marcelo. O Hélio diz ser ciência o que não é ciência. Existe regra para algo ser científico ou não.

      E qual a relação de eu ser uma farsa? Eu não falei de mim nesse artigo. Por quê tu me atacas? Por quê tu me odeias?

      Não, sou eu.

      É você mesmo.

Diego · 19 de abril de 2020 às 23:17

Rodrigo, respeito sua opinião e realmente devemos ter questionamentos sobre as coisas que aprendemos, eu assiti todas as palestras do HC e faço a ressonância harmonica. Durante um ano tive algumas experiências que me permitiu sentir o que HC explica em suas palestras. Mas esse tipo de informação deve ser sentido, realmente é muito difícil explicar de forma racional, mas eu acredito que seja o caminho da evolução e crescimento que em breve deve-se conectar com a ciência no formato que todos entendam.

    Rodrigo Nask · 2 de julho de 2020 às 21:28

    Exatamente, Diego. Isso que é lindo, não é algo para racionalizar.

    E não precisa. É lindo experimentar a mudança da RH e crescer com isso.

Iris · 1 de março de 2020 às 05:03

Vcs estao todos dormindo nao despertaram ainda por isso nao apeendem nada haha

    Rodrigo Nask · 7 de março de 2020 às 12:03

    🤣🤣

      Marcus Vinícius · 5 de abril de 2020 às 22:38

      Bom, desculpe se estou repetindo o comentário, mas é pq não está aparecendo pra mim que foi enviado, então tentarei mais uma vez, primeiro de tudo, foi um prazer enorme ler seu artigo Rodrigo, eu gostei muito da forma como você abordou o tema, e me identifiquei bastante com sua forma de pensar, tanto que agora estou com vontade de saber mais sobre o tema, e tenho algumas perguntas pra você, a primeira é: onde você viu que aquele experimento da água era falso, e que todo aquele documentário (quem somos nós), é pseudo ciência?, você poderia deixar lincada a fonte? ( se já o fez peço desculpas, acabou passando batido e eu não vi kkk), segundo, gostaria de saber se você acredita em algo mais, algo além da nossa realidade, vida após a morte etc, e se sim, que evidências você tem disso?, desde já, agradeço a atenção, e tenha uma boa noite (ou dia, dependendo da hora em que você viu esse comentário kkk)

      Rodrigo Nask · 2 de julho de 2020 às 21:29

      Caraca, a gente teve uma grande discussão no Zap sobre isso e foi muito massa. Tinha esquecido de aprovar teu comentário! Ops! 😛

Alexsandra Bezerra · 23 de fevereiro de 2020 às 16:42

Um materialista falando de RH. Não vejo como daria certo. Então, quando a gente dorme o cérebro para de aprender? Sério ? 😓

    Rodrigo Nask · 28 de fevereiro de 2020 às 10:10

    Oi, Alexsandra. Se você entrar na minha casa, vou te pedir para tirar os sapatos.

    Se você não tirar, eu te mando embora da minha casa. Dentro do meu domínio você segue as minhas regras (ou vai embora do meu domínio).

    Eu não sei bem o que você quis dizer com “materialista”, mas imagino que seja algo como “alguém com zero vínculos espirituais”.

    Então vamos lá…

    A ciência, que utiliza a metodologia científica para validar o que é ou não ciência, tem critérios para deixar algo entrar em seus domínios (na sua casa). Algo como “tirar os sapatos”, entende? A ciência é, puramente, materialista. RH não é, RH é espiritual (e tá tudo bem).

    Mas me explica você porque a RH, que é espiritual, tá querendo entrar na casa da ciência com os pé todo cheio de barro.

      Will · 30 de janeiro de 2021 às 12:04

      Cara, nunca vi uma metáfora tão bem elaborada e tão clara!!!
      Adorei !
      Outro ponto, acho que muitas pessoas tem medo do que elas acreditam, ser invalidado. Talvez porque no fundo, bem no fundo, elas também se questionem sobre a própria crença.
      Abraço.

      Rodrigo Nask · 9 de fevereiro de 2021 às 22:30

      Hey, Willians! 🙂

      Nossa, acabei de aprovar um comentário de uma moça cheia de ódio no coração.
      O complicado é que eu não tô expondo opinião, este não é um artigo para concordar ou discordar.

      E, de fato, você pode estar certo… por quê tanto ódio delas para este artigo? 🙁

Van Guinter · 18 de fevereiro de 2020 às 14:35

Mais um querendo alguns momentos de fama…
Tem tudo para ser um “bom político” rsrs.
Artigo pobre e desconexo, basta verificar a confusão e as “desculpas” do site, servidor, blá blá blá…
Desacreditado amigo.
Mais atenção e fontes confiáveis no próximo artigo.

Abraço

    Rodrigo Nask · 18 de fevereiro de 2020 às 17:39

    Se quiser conversar racionalmente, estou aqui. Se quiser ser um(a) babaca, certamente não vai ganhar de mim. 🧙‍♂️

    Pegue o “abraço” que me mandou, remova o “a” e coloque o resto no seu rabo.

Marlon · 15 de fevereiro de 2020 às 23:49

Excelente Artigo, fácil entendimento, até mesmo para mim que sou leigo no assunto, vim buscar artigos como esse pois a algumas questões nas palestras do Hélio Couto que me intrigam, porém irei continuar assistindo, e vou reter o que é bom pois a algumas coisas que ele falam que somam. Uma delas é eu estar aqui lendo seu artigo, hahaha, não estaria se não “conhecesse” o Hélio.

    Rodrigo Nask · 17 de fevereiro de 2020 às 22:05

    Hey, Marlon! Fico super feliz que você tenha gostado! 🙂
    Fico ainda mais feliz que tenha percebido a questão principal: separar o que é útil do que não é. E, dessa forma, ter a vida que deseja.

Jessica · 14 de fevereiro de 2020 às 18:13

Amiguinho, faz a pesquisa direito porque vc está falando dos áudios de reprogramação e não da ressonância harmônica. Está confundindo e passando vergonha. Entendi a parte que você argumenta que não é ciência e ok, o próprio hélio diz que é espiritual. Não vejo nenhuma novidade nisso. Mas vc descreveu a ferramenta errada, ja te falaram isso nos comentários, se vc fosse um pouco comprometido com o seu público faria novamente a pesquisa e perceberia o tamanho da sua confusão.

    Rodrigo Nask · 17 de fevereiro de 2020 às 22:04

    Hey, Jéssica! 🙂
    Já percebi e até já corrigi a falta de informação específica do artigo. No entanto, a empresa que hospedava meu site perdeu um pedaço de tudo que eu tinha e a correção foi junto.

    Ahh, mas a intenção não era só falar da ressonância harmônica, era realmente juntar tudo num lugar só e mostrar a verdade. Peço perdão, porém, e gostaria de dar uma data para fazer as adições no artigo, mas eu tenho outras prioridades neste momento. :/

Val Souza · 6 de fevereiro de 2020 às 15:51

O texto é bom para refletir, mas nem a ciência é totalmente confiável , ela sempre se contradiz, nada a ciência sabe sobre consciência e é difícil traçar um paralelo diante disso,já que a própria não pode explicar a complexidade de um ser humano a não ser na parte física e olhe lá ,não tem como relacionar ciência e espiritualidade e com certeza não se pode aprender nada dormindo.

    Rodrigo Nask · 17 de fevereiro de 2020 às 22:01

    Exato, Val. 🙂
    Não tem motivo para relacionar ciência e espiritualidade, mas é exatamente isso que a Ressonância Afirma (apesar de não ser ciência).

Thaís · 5 de fevereiro de 2020 às 10:47

Olá Rodrigo!
Confesso que não leria o texto por causa do título. Mas se eu cheguei até aqui é porque “estou unida a força e a força está unida a mim” (sic). Para não incorrer em julgamento raso, primeiro procuro buscar dados sobre formação/vida do autor justamente para entender o contexto em que ele escreve a resenha crítica.
Sem paixão, entendi muito bem suas colocações.
Entenda que algumas pessoas apenas se sentiram feridas por mexer em algo que lhes é precioso e isto as cegou para o objetivo do teu pensamento. Sei que você entendeu, pois respondeste a um comentário em discordância ao seu com sabedoria: “Sei que você ficou chateada e eu apenas posso compreender isto.”
Aliás, perdoe minha observação (se te ferir, não foi a intenção), mas as tuas respostas aos comentários estão mais belas e claras do que o próprio texto. Você me parece ter bastante tato para lidar com o diferente, sem ofender o ser humano, isso exige um bom nível de autoconhecimento e, logo, o autocontrole.

Bom, é isso!
To feliz por encontrar seu blog =)
Abraços

    Rodrigo Nask · 17 de fevereiro de 2020 às 22:00

    Hey, Thaís!

    Primeiro: amei a profundidade das suas palavras. Dá para notar que você conhece sentidos densos de cada uma delas.
    Obrigado, Thaís. De verdade, você me deu uma luz aqui. Minha intenção é, realmente, ajudar. No entanto, é o tipo de ajuda problemática porque incorre na necessidade de alterar as crenças dos outros. Bem… na verdade a justificativa toda deste artigo é exatamente por falar de ciência e não de crenças. Ninguém deve se meter nas crenças dos outros (exceto caso invada outros). Mas ciência tem regras e me deixa triste alguém crescer uma carreira contando mentiras (e sei que o HC acredita em tudo isso e, provavelmente, não tem intenção de enganar ninguém).

    Muito obrigado (mesmo!)

    Tuany · 5 de junho de 2021 às 00:08

    Rodrigo, você já viu aquele experimento que a pessoa grita na frequência do vidro para ele estourar? Será que não seria isso? Ajustar a energia que tenho para algo específico?

      Rodrigo Nask · 24 de junho de 2021 às 20:32

      É uma analogia interessante, Tuany.

      Mas é uma analogia apenas, não podemos levar isto ao pé da letra.

Sheila · 7 de janeiro de 2020 às 21:20

Fala Rodrigo, blz?
Cara eu vejo os vídeos do HC já tem alguns anos, nunca consegui ver todos pra chegar no ponto de ter o “direto” de pedir a minha RH. Uma coisa que sempre me intrigou no discurso dele é que, teoricamente, seria possível a qualquer pessoa através da RH assimilar o conhecimento/informação de qlq pessoa que já tenha existido ou que até venha a existir, porém preciso passar meses estudando o material do site dele. 🤦 Admiro o professor, continuo seguindo seu trabalho mas concordo com vc que muito do que é dito está envolto em crenças, mas eu tb adoro crenças…. Parabéns pela explicação.

    Rodrigo Nask · 17 de fevereiro de 2020 às 21:56

    Exatamente! Amei o que falaste aí.
    “Muito é envolto em crenças, mas eu adoro crenças”. É isso. 😍
    E tá tudo bem. haha.

Sheila · 7 de janeiro de 2020 às 21:14

Fala Rodrigo, blz?
Cara eu vejo os vídeos do HC já tem alguns anos, nunca consegui ver todos pra chegar no ponto de ter o “direto” de pedir a minha RH. Uma coisa que sempre me intrigou no discurso dele é que, teoricamente, seria possível a qualquer pessoa através da RH assimilar os conhecimentos/informação

    Rodrigo Nask · 17 de fevereiro de 2020 às 21:55

    Hey, Sheila! 🙂
    Pois é. Na verdade, levando em conta qualquer tipo de metodologia cientifica de validação de teoria, se uma só pessoa não conseguir assimilar, então temos um experimento falho.

Flávio Gualdi · 18 de dezembro de 2019 às 15:52

Entendo perfeitamente o que o Rodrigo quer dizer. Eu trabalho com orgonites e, por mais que seja um dispositivo que trabalha com eletromagnetismo (leia sobre as equações de Maxwell e suas aplicações), muita gente mistifica dizendo ser “Física Quântica”.
Essa relação que as pessoas fazem entre o mundo em escalas “angstrômicas” e o mundo macro acaba por confundir muita gente, e assim atrapalhar o entendimento das diferenças entre mecânica clássica e quântica.
Percebi logo de cara que o Rodrigo em nenhum momento desmereceu o trabalho do Helio Couto. Apenas pôs alguns pingos nos Is. A ciência (e a espiritualidade) agradecem por isso.
Quanto às pessoas que realmente se sente ofendidas e, por isso, ofendem ao autor artigo, por favor, apliquem mais o ensinamento recebido. Expandam seu conhecimento, mesmo que não seja sua opinião, de forma a entender aqueles que discordam de você. Lembrem-se que a espiritualidade coexiste com a ciência. Elas dançam e se entrelaçam por nossa existência e negá-las (tanto uma quanto outra) é um equívoco.
Por outro lado, aceitar que as duas coexistem e podem, como no caso da RH, trabalhar em plena sintonia, isso sim é libertador.

    Rodrigo Nask · 23 de dezembro de 2019 às 13:56

    Muito obrigado, Flávio. 🙏

    É verdade, eu sou super fã do Hélio Couto. E, além disso, tive uma namorada que teve enormes resultados com a própria Ressonância Harmônica. Só porque não é explicado pela ciência não significa que deva ser descartado. Falo isso do ponto de vista de quem é um ex-ateu e hoje prefere acreditar em tudo, testar tudo, respeitar tudo mas entender que nada é a verdade.

    Sintonia é uma palavra incrível que você usou. Gratidão.

Val · 17 de dezembro de 2019 às 09:48

Materia legal!!!
Nem gosto de ler, mas que incrivel, li toda a materia… Que louco!!!
Kkkkk
Parabens pela materia!!!

    Rodrigo Nask · 23 de dezembro de 2019 às 13:54

    Hahaha. Poxa, valeu, Val! 😉

    Fico feliz que tenha ajudado em alguma coisa por aí.

JOAO CARLOS CALIXTO · 4 de dezembro de 2019 às 01:53

Ótimo texto Rodrigo!!! Eu assisti todos os vídeos do HC e li vários livros, comprei algumas aula no site e hoje penso como você.

    Rodrigo Nask · 23 de dezembro de 2019 às 13:48

    Hey, João, isso é muito bom.
    Fico feliz que você também esteja liberto. Muito mais do que ler e entender, é preciso ser críticos.
    Imagino que também goste bastante do HC mas que entenda esse lado “não-verdade” da coisa.

    Um abraço!

João Vitor · 16 de novembro de 2019 às 22:36

Rodrigo baseado na física moderna existe um vasto espectro eletromagnético ao redor de todos nós e inclusive de você, sendo que tudo no espectro tem uma frequência especifica, ou seja, até mesmo as cores tem uma frequência e não emitem som algum. O fato da ressonância não ter som não descarta o fato de ser uma onda e ter frequência.

    Rodrigo Nask · 22 de novembro de 2019 às 16:31

    Isso é bem técnico e, normalmente, é mais fácil entender para quem já cursou algo na área de exatas relacionado ao eletro magnetismo.

    Frequência não é uma grandeza, é apenas a medição do quanto que um evento acontece em determinado tempo. Por padrão, utilizamos o Hertz. Posso usar o Hertz para medir sexo, inclusive. Alguém que faz sexo (estocadas) na frequência 1Hz o faz suuper rápido. Percebe como não tem sentido comparar “geração” de luz ou de som a partir do sexo?

    Eu gostaria de poder explicar um pouco mais, mas acredito que você não entende a base necessário. E é por esse motivo que tanta gente “acredita” na Ressonância Harmônica: ignorância. “Som” é uma onda. Não existe “som” sem onda. Frequência não é algo como “gratidão”, mas sim algo que eu coloco um aparelho específico e consigo medir, entende? Fica bem difícil pra mim te explicar sem que você entenda o básico, então te peço para assistir de novo o vídeo sobre “o que é som” que está no artigo.

      Tuany · 4 de junho de 2021 às 23:57

      Sobre o que aprendi quando era criança na escola, onda não é só de som. 🤔

      Rodrigo Nask · 24 de junho de 2021 às 20:32

      Corretíssimo! 🙂

Carlos Teixeira · 7 de novembro de 2019 às 18:30

Parabéns ótimo texto! Minha formação é da area de TI. Audio com volume 0, nao produz freqüência nenhuma. O único ruído produzido é o o do processamento internoo, o mesmo que seria produzido se fosse a gravaca da narração de um jogo de futebol. Helio Couto vende um bom placebo! Sucesso para todos!

    Rodrigo Nask · 22 de novembro de 2019 às 16:15

    Ótima colocação, Carlos! 😁
    Placebo funciona? Sim, mas é placebo. haha.

ANDRÉA POSSAMAI VALADÃO DIETRICH BREUER · 6 de novembro de 2019 às 13:29

Rodrigo, não vou me estender porque as meninas já disseram muita coisa, Você está confundindo os áudios de reprogramação mental do Prof. Hélio Couto com a RH.

    Rodrigo Nask · 22 de novembro de 2019 às 16:15

    Estou juntando os dois, na verdade, no mesmo tópico.

    Peço perdão por não ter sido claro, vou revisar o artigo, Andréa. Muito obrigado por passar por aqui. <3

Thata · 26 de outubro de 2019 às 08:38

RH é levado sim p o lado espiritual, tanto é q no site do Hélio Couto ele deixa bem claro q todas as informações contidas no site foram canalizadas e quem não se sentir bem com isso pode sair. Aí vc já tem a certeza de q está 100% ligado ao espiritual.

Obrigada pelas informações Rodrigo

    Rodrigo Nask · 22 de novembro de 2019 às 16:14

    Hey, Thata, obrigado pelo complemento. Vou garantir de adicionar ao artigo. 🙂
    O único ponto que incomoda é justificar pela “física quântica”, que não é algo espiritual.

Gean · 24 de outubro de 2019 às 09:22

Voce é um menino inteligente a espiritualidade não pode ser comprovada de forma cientifica concordo com voce por que espiritualidade como voce sugere é um sistema de crenças a crença é uma escoha não ciencia considera se ciencia o que ser equalizado matematicamente o que não acontece com a espiritualidade considerando assim que o que não cabe dentro das equaçoes é crença.Contra fatos não há argumentos e o fato que a maioria dos fenomenos da mecanica quantica não pode ser explicado de forma matematica mas eles estão ali operando de forma real nas escalas menores os resultados podem ser medidos assim como os resultados da espiritualidade quando desconhecemos os meios devemos repeitar os fins ambas ressonancia e quantica não sao totalmente esclarecidas na sua totalidade mas os resultados esão ai.Aproveite esse presente.

    Rodrigo Nask · 22 de novembro de 2019 às 16:13

    Hey, Gean! Obrigado pelo comentário, mas esse não é o ponto.

    O ponto é que a Física Quântica é uma ciência e ela não justifica manifestações espirituais (assim como a matemática ou química). Charlatanismo é diferente de espiritualidade.

Ariana · 21 de setembro de 2019 às 14:41

Rodrigo, você não faz a menor ideia do que seja a ressonância harmônica. A ressonância não tem som algum. É uma frequência inaudível. Você não precisa sequer estar por perto quando dá o play. Um pouquinho mais de in-formação lhe faria um bem danado. Passou vergonha.

    Rodrigo Nask · 27 de setembro de 2019 às 10:15

    Exatamente, Ariana! Você entendeu perfeitamente! 🤣

    A ressonância harmônica não tem som algum e, por isso, ela não é uma frequência.

    A pergunta que te faço é: você acredita que ressonância harmônica é ciência? Se sim, você está errada. Se você acredita no lado espiritual, então tudo bem. A ressonância harmônica é como aquela pessoa que olha pra você e diz “vou rezar por você” e, mesmo que você não esteja perto, a reza terá efeito. Mas isso é religião, entende?

Maíra · 18 de setembro de 2019 às 02:28

Me perdoe Rodrigo mas com todo respeito e concordando com a colega Adriana que comentou acima , antes de escrever algo por favor se informe o trabalho do Professor Hélio Couto de Ressonância Harmônica nada tem a ver com o trabalho de PNL , um é Física Quântica , outro é Neurolinguística estudos completamente diferentes nenhum desenvolvidos , todos tem embasamento científicos. Me perdoe novamente mas nem terminei de ler seu texto porque se nem a diferença disso você sabe como vai validar algo…

    Rodrigo Nask · 19 de setembro de 2019 às 10:19

    Ahhh, Maíra! Acabei de notar uma coisa! O artigo está incompleto! 😫

    Tive um problema com a nova empresa que o site estava e, quando voltei pra empresa antiga, a metade do artigo se perdeu no backup. Eu entendo porque você e a Elizabeth ficaram tão chateadas. A estrutura do artigo aborda muitos temas adjacentes à ressonância harmônica para fazer um paralelo e mostrar a realidade. No entanto, da forma como ele está (com um pedaço perdido), a parte que fala sobre a ressonância harmônica está faltando! 😫

    PORÉM, na parte que está faltando (que vou escrever de novo), lembro de falar sobre essa questão: física quântica é uma ciência, mas ressonância harmônica não é baseado na física quântica. E PNL não é ciência, é interpretação de dados científicos (podemos até chamar de “tecnologia”).

    E repito o que falei para a Elizabeth: você é exatamente a pessoa que eu quero libertar. Você é a pessoa que mais precisa desse artigo. Fico com pena (mentira, fico não) de não ter lido até o final. :p

      guto · 1 de junho de 2021 às 15:48

      mano vc é uma piada….te garanto q a elisabeth e maira que ficaram com pena de voce…pois é uma pessoa fechada..com crenças tão limitantes q fazem com q vc julgue algo sem experimentar….Olha cara…eu tbm quando comecei estudar o material do helio estava achando que era conversa pra boi dormir..de cara julguei o helio como um charlatão quantico…porem…me dei o beneficio da duvida…pois eu assisti tantos relatos positivos sobre a RH q pensei : “não é possivel q esse cara (helio couto) tenha pago tantas pessoas para fazerem relatos mentirosos e espalharem pelo youtube….Então resolvi descobrir por mim mesmo..afinal ..se eu fosse enganado…não estaria perdendo nada…até pq a Rh pode ser pedida gratuitamente….porem optei por pagar pq ouvi dizer q o Helio responde mais rapido aos pagos….enfim foram os 290 reias mais bem gastos da minha vida…nunca vi algo tao incrivel quanto a RH…queria poder explicar o q é essa ferramenta…mas nem o professor da tanta informação sobre como ela funciona…pq como ele mesmo diz uma ferrramenta dessa no poder de pessoas erradas é como arma na mão de uma criança e eu entendo ele…no mundo q vivemos hj de pessoas egoistas seria uma catastrofe dar um poder desse a alguem q ainda vive pelo ego….enfim cara…umd ia cheguei ate pensar q seria placebo…mas não teria como ter acontecido tantas coisas comigo com a Rh se fosse placebo…pois pro placebo funiconar vc tem q crer nele cegamente…e eu não estava acreditando no poder da RH em momento algum…e mesmo assim tudo aconteceu…se pesquisar mais vai ver q alem das transformações na vida das pessoas a Rh causa alguns sintomas fisicos na maioria das pessoas….dentre os sintomas estao: formigamento no topo da cabeça…zumbidos no ouvido..sensação de estar fora da realidade as vezes…eu tive aumento subito de libido…sonhos lucidos e projeções astrais…e isso é muito comum a quem esta usando a Rh…COMO VC EXPLICA ISSO?
      obs: eu tive todos esses sintomas..antes mesmo de eu saber q eles eram comum aos q usam a ferramenta…ou seja de maneira alguma foi algo induzido pela minha mente ou placebo….
      entao cara..sugiro q vc estude um pouco mais e peça sua RH e depois tire conclusões….não faça papel de besta…

      Rodrigo Nask · 24 de junho de 2021 às 20:27

      Correto. Não entendi o seu ponto, você concordou com tudo que falei.

      RH não é ciência e não explica, é religião. Isso não muda os efeitos que ela causa.

      Obrigado por concordar comigo, só não entendi porque você tá tentando me atingir se estamos do mesmo lado.

Adriana · 24 de agosto de 2019 às 21:29

Procure se informar, nunca vi tanta bobagem escrita sobre o trabalho excepcional do Hélio que é pura ciência. O fato que vc não conhece porque não sabe nem ao menos o que é ressonância que não tem nada a ver com nada que vc escreveu, antes de escrever sobre algo a gente no mínimo tem de pesquisar pra não passar vergonha. Te falo como ressonante, não confunda com reprogramação mental porque a ressonância nem ao menos é para ser escutada. Se fizer ao menos o curso gratuito dele de 83 vídeos poderá perceber quantos absurdos escreveu sobre a ressonância, isso é um trabalho sério e necessário, vc não tem nem ideia do que está tentando atrapalhar por ignorância

    Rodrigo Nask · 30 de agosto de 2019 às 22:03

    Olá, Adriana. Fico bastante feliz com seu comentário. Você é exatamente o tipo de pessoa que eu gostaria que lesse esse artigo. Felizmente, essa pequena sementinha que plantei na sua mente vai germinar. Vão demorar alguns anos talvez, mas vai germinar. 🙂

      Analice · 16 de dezembro de 2019 às 07:19

      Olá, não sei com que intuito uma pessoa escreve todo um texto só com informações equivocadas sobre o que é a ressonância harmônica!
      1) RH não é onda bineural!
      2) Não é pra ouvir com fone!
      3) não é pra ouvir dormindo! (E principalmente não promete aprender dormindo!!)
      4) não precisa nem de volume!
      3) o que está gravado no áudio não são histórias!
      Enfim, não vou ficar corrigindo aqui todas as informações.
      Sugiro que quem estiver interessado no assunto busque as informações corretas no site oficial onde está tudo explicado http://www.heliocouto.com.
      Muito provavelmente, você Rodrigo, que queria aprender dormindo, não se deu ao trabalho de ouvir todas as mais de 70 palestras de 2 a 3h cada uma, que são imprescindíveis de serem vistas antes de se realizar o processo da RH, disponíveis no site gratuitamente, o chamado Caminho das Palestras, onde fica claro por exemplo (já na primeira palestra!) que a tecnologia utilizada na RH não é desenvolvida (e portanto tb ainda não compreendida) pela Ciência desta dimensão. A Mecânica Quântica é o que pode nos aproximar desta compreensão.
      Boa sorte!

      Rodrigo Nask · 23 de dezembro de 2019 às 13:53

      Obrigado pelo comentário, Analice. 🙂

      Já vi muito material do HC, mas não sabia da página que você falou. Vou ver algo legal na Ordem de Estudo.

      Sei que você ficou chateada e eu apenas posso compreender isto. E sim, você está certa. Eu não consigo falar diretamente da RH, mas somente de assuntos correlacionados. RH não existe mas está sendo divulgada como fomentada pela Física Quântica o que é pura desinformação. E o ponto que este artigo tenta focar é o seguinte: como você mesma falou, a ciência não compreende. Se a ciência não compreende, então como que pode ser fomentado por ela?

      Seu comentário explica, em claras palavras, que a RH é misticismo. E tá tudo bem, entende?
      É só dar o rótulo certo e fica tudo bem.

      Neto · 11 de outubro de 2021 às 19:32

      Como vc me explica as cartase que as pessoas sofrem vc pelo menos viu a ordem dos estudos ele explica detalhadamente vc vai ver que tem muinto sentido oque ele diz serteza vc viu pela metade da uma olhada de novo que vai ter muinto sentido

      Rodrigo Nask · 4 de novembro de 2021 às 10:21

      Me dê 5 minutos com uma pessoa desconhecida e eu faço ela chorar.
      Mas se você me der 5 horas com alguém que acredita fielmente no que eu digo, ela vai soluçar de chorar.

      E sabe o que é loko? Eu tenho cursos de marketing digital (~50h de aulas). As pessoas CHORAM nessas aulas gravadas.

      Como eu explico? Rapaaaaz, as pessoas choram. E é isso. Triste é quem não chora.

elizabeth monteiro · 10 de maio de 2019 às 09:01

bom dia. ondas binaurais são ouvidas através de fones com diferença de frequencias em cada ouvido, certo? o audio que recebi de Helio Couto não é pra ser usado com fones, então não é binaural correto? Quanto a ser ciência ou não, não se esqueça que tudo que foi provado e aceito como ciência, um dia foi considerado espiritual ou ocultismo.

    Rodrigo Nasc · 13 de maio de 2019 às 01:00

    Oi, Elizabeth! 🙂

    Na verdade, até esqueci de abordar esse tópico sobre os áudios do Hélio Couto. Você está certa, binaurais precisam de diferença de frequência. Uma das explicações que já recebi foi que os áudios são binaurais, então expliquei sobre isso. Mas em breve vou expandir o assunto com sua temática.

    Sobre o que você explicou, eu não duvidei do efeito e nem menosprezei em momento algum, caso queira reler. Entenda que estou apenas explicando que, neste exato momento, o que o Hélio Couto faz é religiosidade e não ciência. Ciência se faz com metodologia científica. Entendo e acredito que o Hélio Couto transforme milhares de vidas, mas com um método que não é ciência, entende?

      Paula Justini · 7 de outubro de 2020 às 19:08

      Olá Rodrigo. Não discordo do seu artigo, mas o que eu entendi é que na verdade tudo está interligado e é isso que o Hélio Couto fala. Medicina é uma ciência, mas se você acredita na cura do seu problema físico e tem fé de verdade sobre isso, é muito provável que você conseguirá se curar. Então seja a ressonância espiritualidade, entendo que ela também é uma ciência e que bom, que o prof. trouxe isso para nos ajudar. Abraço.

      Rodrigo Nask · 14 de dezembro de 2020 às 22:22

      Certíssimo, Paula.

      Obrigado pelo seu tempo.

Rodrigo Nasc · 22 de abril de 2019 às 17:50

Zumzum zum zum zum zum zum zum zum…

Se você ouve a mesma música todos os dias entre 6 a 12 horas por dia, sua mente fica no zum zum zum zum. 😂

    Marcus Vinícius · 5 de abril de 2020 às 22:09

    Olá Rodrigo, quero dizer que foi um prazer ler seu artigo, eu gostei muito da forma como você abordou o tema, e inclusive fiquei com algumas dúvidas e questionamentos, o primeiro deles foi, onde você descobriu que aquele experimento da água era falso? Você poderia mandar o link do artigo etc?(se já mandou peço desculpas, mas acabou passando batido e eu não vi), o segundo questionamento que me veio foi o seguinte, você acredita em algo?, algo a mais, algo no campo do espiritual?, se sim, em que acredita?, e quais foram as evidências que te levaram a acreditar nisso?, desde já eu agradeço a atenção, tenha uma boa noite ( se for noite no momento em que você ver esse comentário, logicamente kkkk)

    Lola · 30 de abril de 2020 às 08:07

    Quando somos o inexplicável pela ciência, sabemos que a ressonância é real.

      Rodrigo Nask · 2 de julho de 2020 às 21:17

      A ressonância é tão real quanto o Monstro Espaguete Voador.

      E isso não é sarcástico. Enquanto uma pessoa acreditar, será real. Mas não é ciência, não é “provado”.

      É espiritualidade.

Deixe um comentário

Avatar placeholder

O seu endereço de e-mail não será publicado.