fbpx

Você acreditaria em mim se eu dissesse que, ao final desse artigo, com a técnica Pomodoro, você terá a solução mais simples, prática e rápida para destruir a procrastinação com uma arma secreta da própria procrastinação? Não precisa acreditar em mim, basta apenas testar!

Se não funcionar, eu exijo que você venha nos comentários dizer que sou um mentiroso. Se funcionar, então não vou exigir nada além de você comemorar a nova e melhorada pessoa que você é. Em todos meus vários e vários anos estudando, aprendendo e trabalhando com produtividade, aprendizado e áreas relacionadas, tenho algo a dizer sobre esta técnica.

A técnica Pomodoro é a número 1. O primeiro conselho que dou quando me pedem.

Quer Ler Depois? Baixe o Artigo em PDF:

Este artigo é para você se você quiser:

  • Focar Mais no Trabalho
  • Manter Rotina de Estudo Diária
  • Aproveitar o Poder dos Grupos Colaborativos
  • Parar de Ficar Mal Ao Fim Do Dia Por Ter Sido Improdutivo
  • Ajudar Alguém Que Ama Com Uma Técnica Simples e Eficaz

Para quem está numa mega procrastinação e falta de foco, o primeiro desafio que lanço é conseguir terminar de ler esse artigo (sim, tem gente que terá dificuldade!).

Mas não se preocupe, tudo será na sua velocidade!

Técnica Pomodoro: O Começo Do Fim da Procrastinação

Prepare-se para socar sua procrastinação!

Prepare-se para socar sua procrastinação!

Você já viu aqueles tomates-relógio ou ovo-relógio que funcionam como temporizador de cozinha? Eles foram uns itens que ficaram populares ao longo do tempo (em especial o temporizador em formato de Tomate). Aliás, é um desses que abre esse artigo.

Acontece que Pomodoro significa Tomate em italiano.

O Pomodoro (temporizador) era utilizado para calcular o tempo de receitas simples, como cozinhar ovos ou esperar o tempo de mexer o arroz e macarrão. Na década de 90, um rapaz chamado Francesco Cirillo resolveu testar um método para aumentar sua produtividade nos estudos.

Francesco pegou o temporizador e sentou para estudar.

A única atividade que ele desempenhava durante o tempo do temporizador (que era de 25 minutos) era estudar. Ou seja, unicamente estudar. Na época não existia WhatsApp, mas entenda que se existisse, durante esse tempo ele era proibido de acessar!

“Como assim proibido de acessar o WhatsApp?!”

A técnica Pomodoro consiste em manter o foco, que é exatamente o que você deve estar procurando. O que vamos aprender é a usar sua falta de foco para gerar foco. Mas, para manter o foco, é preciso se comprometer com isto. Então, naquela época, o Francesco simplesmente estudava por 25 minutos focado e parava por 5 minutos como descanso. Isso foi tão importante e eficaz que, ainda hoje, o autor da técnica desenvolve grande parte de sua vida profissional ao redor dela.

Hoje temos maiores explicações da Neurociência para a técnica Pomodoro!

Neurociência e Porque a Técnica Pomodoro Funciona

Neurociência por trás da técnica Pomodoro

Neurociência por trás da técnica Pomodoro

Procrastinação é apenas encontrar a solução mais simples para um problema

A forma mais simples não significa resolver um problema. A forma mais simples apenas significa uma solução. Essa solução pode ser o que menos resolve O problema, mas que resolve UM problema. Deixa te explicar! Imagine que você terá um relatório ou trabalho para enviar amanhã até meia noite e está com muito nervosismo se vai conseguir ou não fazer com excelência.

O nervosismo aumenta e você paralisa totalmente.

Mas você ainda tenta. Seu dia está totalmente dedicado para isso e seu intuito é finalizar o quanto antes. Você planeja seu dia na noite anterior, vai dormir mais cedo e diz “amanhã será diferente e eu finalizarei meu trabalho antes do meio dia! Vou dormir mais cedo para que acorde mais cedo”.

Você acorda num horário bem mais tarde do que pretendia no outro dia!

Ao acordar, você se pergunta se foi dormir mais cedo porque procrastinou ou se foi porque queria mesmo acordar mais cedo. E também se pergunta se acordou mais tarde porque, até inconscientemente, você procrastinou também! Uau, quanta procrastinação você faz, heim?! Mas tudo bem, você decide começar seu dia por volta das 10h. Entre 10h e 12h você vai e vem no WhatsApp, Facebook, Linkedin, Instagram e, só Deus sabe porque, até o Orkut você tenta acessar!

Meio dia e é hora de almoçar. Saldo: relatório em 0%.

Você volta e o dia continua bem similar. Você continua hora após hora fazendo exatamente porra nenhuma! Lá pelas 21h você é atacado por um senso de urgência e, em 2 horas e 59 minutos exatos, você finaliza seu projeto e envia no último minuto.

O Tim Urban chama isso de O Monstro do Pânico!

Tudo isso acontece porque nosso cérebro está à procura de recompensas. Entenda uma recompensa como algo que te faz bem. Apenas isso. Assistir 13 Reasons Why ou correr no XVideos, para algumas pessoas, é um modo de encontrar recompensas imediatamente. Existe um neurotransmissor chamado Dopamina que regula isto.

No livro Mentes Inquietas, que fala sobre TDAH, é dito que a reabsorção de Dopamina faz com que o pessoal com TDAH (#jáTiveProblemas) fique mais propenso a recompensas imediatas e menos a recompensas maiores mas mais demoradas. Isso significa que é difícil pensar a longo prazo e recompensas imediatas são procuradas!

Mas existe um hack para a Dopamina e vou te mostrar!

Ritalina, Dopamina e Bugando Seu Cérebro

Procrastinador ouvindo a conversa de outras pessoas.

Procrastinador ouvindo a conversa de outras pessoas.

A Ritalina, um dos principais medicamentos para tratamento do TDAH, tem seu efeito por reduzir o seu prazer com atividades. Sim! Estranho, né? A Ritalina impede que você sinta prazer com atividades pequenas, te obrigando a procurar atividades de maior complexidade e recompensa maior para poder sentir prazer.

“Seu efeito estimulante é devido a uma inibição da recaptação de dopamina”

E como vamos usar esse efeito a nosso favor sem o uso de drogas? Aliás, se você usa Ritalina ou outro inibidor de Dopamina, então saiba que tudo aqui continuará funcionando para você (e muito bem, aliás!). O que vamos fazer é dar banana pro macaco da procrastinação. Se você procrastina porque quer prazer imediato, então que você dê o prazer imediato e possa desfrutar de resultados mesmo assim!

Dê Prazer (recompensa) a Quem Quiser Prazer!

Existe um segredo bem peculiar no método do Francesco Cirillo. Esse segredo existe pelo fato de os 25 minutos não terem a mínima importância. O que é importante não é o tempo de foco que você mantém, mas sim o tempo de recompensa que você se dá.

O segredo não são os 25 minutos de concentração, mas sim os 5 de recompensa!

Então a técnica Pomodoro consiste em

  • 25 minutos de concentração.
  • 5 minutos de recompensa.

Daqui há pouco te digo que isto está, na verdade, “errado”, mas vou te explicar agora o porque que também está “certo”. Você já teve momentos de culpa, estresse ou até chorou? Eu já fiquei muito triste procrastinando no passado. O que vamos fazer é quebrar essa culpa e te dar uma medalha, uma imensa recompensa prazerosa e, principalmente, merecida pelo trabalho que você fez ao usar a técnica Pomodoro.

É a recompensa que te fará ter o que você quer!

Usando a Técnica Pomodoro (Siga Direitinho!)

Respeite as regras porque é você quem faz e somente você quem pode quebrar

Respeite as regras porque é você quem faz e somente você quem pode quebrar

  1. Defina APENAS um foco para os 25 minutos.
  2. Defina, ANTES DE COMEÇAR, uma recompensa obrigatória de 5 minutos.
  3. Adicione uma punição se quebrar qualquer uma das regras.

1. Um Foco

O objetivo da técnica Pomodoro é te fazer seguir apenas uma atividade ao longo do tempo, de modo a aproveitar o modo concentrado de nossa mente, aproveitando ideias e execução mais profunda. Isso é extremamente eficaz para a grande maioria das atividades, explica até a Barbara Oakley em seu curso Aprendendo a Aprender do Coursera. A Barbara Oakley faz seu curso (que é um dos maiores do Coursera) apresentando relações da neurociência com o aprendizado e suas relações sociais para aprender com eficácia.

Definido um foco, inicie a técnica Pomodoro, faça apenas essa atividade e nada mais. Nada de ligações, nada de WhatsApp, nada de ir pegar água quando, do nada, aparecer uma sede insaciável. Preocupe não que já te falo como aprender a controlar esses impulsos usando a técnica Pomodoro mesmo.

2. Uma Recompensa.

A recompensa, a cereja de nosso bolo, precisa estar atrelada obrigatoriamente à atividade principal. A técnica Pomodoro é utilizada para te fazer chegar a níveis de concentração intensos com uma só atividade, mas o que te manterá no caminho sem desviar é o que vem depois. Se precisa digitar 15 páginas de documentos seus manuscritos e achar essa atividade muito chata, prepare uma recompensa a cada 25 minutos de trabalho feito, ou seja, a cada bloco usando a técnica Pomodoro.

A recompensa pode ser o que te interessar. Desde memes no Youtube, podendo ser jogar algum jogo ou mesmo passar seus 5 minutinhos no WhatsApp.

3. Uma Punição

A punição mais óbvia e simples é não conseguir realizar o que se pretendeu realizar. No entanto, se você não conseguiu, punir aumentando o tempo ou removendo a recompensa é ainda mais prejudicial! O que recomendo é que você ajuste. Aqui é onde os 25 minutos da técnica Pomodoro vão por água abaixo.

Os 25 minutos foram o tempo usado em 1992 pelo Francesco. No entanto, o princípio da neurociência e dopamina simplesmente explicam que esse tempo não importa. Importa somente ter um Período de Foco seguido de uma Recompensa. Ou seja, se você não atingiu o que queria, reduza sua meta. Não conseguiu 25, desce para 20.

Não São Só 25 Centavos!

Agora que você sabe como funciona, entenda que você pode colocar diversos tempos de foco. No entanto, é preciso lembrar que foco significa ausência de distração e ausência de interrupções. Minha sugestão é que você comece colocando tempos de 10 minutos de foco com 5 minutos de descanso (ou recompensa). Se tiver difícil, use a técnica Pomodoro com 10 minutos de foco e 50 de Netflix. Sei lá, vai que… né?

Comece devagar e vá até onde dá.

Conforme você consegue perceber que consegue realizar entre 90 a 95% dos Pomodoros que abre, se torna hora de aumentar seu tempo de foco. Começando aos 10 minutos e podendo ir até onde você desejar. Eu não recomendo tempos de foco maiores que duas horas sem usar técnicas mais profundas. Quer saber quais são essas técnicas de imersão, comenta aqui embaixo falando a respeito! 😃

Técnica Pomodoro com App Forest

Tela inicial do Forest

Tela inicial do Forest

Existem diversos aplicativos para se utilizar a técnica Pomodoro, mas minha escolha dentre todos eles é, com toda certeza, o Forest. Ele só tem um lado negativo, mas que é tão simples de resolver que você nem vai se preocupar e vai resolver com sorriso no rosto.

O Forest possui app para iOS, Chrome e Android.

Antes de explicar sobre o Forest, quero te dizer que terá um desafio coletivo bem legal ao final desse artigo e, se você quiser fazer parte, te ajudarei com um grupo que tem o mesmo objetivo que você: atingir altíssimas performances. Baixe o Forest onde quiser e entenda a mecânica básica. Ou seja, poderemos eu e você nos juntar para uma “sessão de foco”. Ou “plantar árvore”, como chamamos. haha. 😂

Escolha sua planta e quanto tempo irá focar.

Se você abrir um app fora da whitelist (apps permitidos que você pode incluir), sua planta morre. Cada planta que você cultiva (ou deixa morrer) ficará guardada no seu histórico e, visualmente, você terá uma plantação de árvores e arbustos. Configurando tudo direitinho, você conseguirá ficar impedido de acessar Apps que não deveria durante seu período de Pomodoro e receberá pequenas recompensas ao final.

O único defeito do Forest é que ele vale à pena pagar.

O Forest pode ser usado completamente para uso comum sem pagar um centavo, no entanto, recomendo extremamente pagar a versão Premium para ter acesso a todas as funcionalidades e sincronização com a nuvem entre dispositivos. O Desafio que vou apresentar, por exemplo, é uma função somente para a versão Premium, que custa menos de dez reais.

Resumindo: abra o app, escolha o tempo, largue o celular e vá ter seu foco. Quando terminar, relaxe por um período fixo e, depois, volte ao trabalho. Algumas pessoas plantam arbustos de 10 minutos no Forest para medir o tempo da recompensa também.

Lembra da punição que falei anteriormente? Mesmo que você não tenha sua árvore morta automaticamente pelo aplicativo, sugiro que você a mate caso perceba que passou a fazer outra atividade por um motivo que você não controla.

Desafio Tomate Dá em Árvore com Forest

Exemplo de histórico de Pomodoros ao longo da semana.

Exemplo de histórico de Pomodoros ao longo da semana.

Uma função incrível que foi implementada há pouco tempo é a opção de cultivar árvores junto com seus amigos no Forest. Se você deixar sua árvore morrer sozinho, apenas sua árvore morre. No entanto, em conjunto, a responsabilidade é maior!

Então decidi criar um desafio para que você possa se juntar a outras pessoas e se dedicar a ser uma pessoa melhor. Em um grupo do Whatsapp, vamos criar salas para plantar árvores no Forest. Cada um faz o que tiver de fazer, mas faremos diferentes atividades em conjunto, na mesma sala!

Para os competidores de plantão será uma ótima oportunidade!

Com um grupo focado no desenvolvimento do foco e uso da técnica Pomodoro, você poderá abrir sua página de amigos e ver como eles se relacionam comparado com você. Ao mesmo tempo, aprendizados serão compartilhados de forma que todos do grupo cresçam juntos, aprendendo cada vez mais sobre como a técnica funciona para cada um.

Por enquanto, para entrar será super simples, bastando clicar no link do grupo do Whatsapp e já começar a plantar. Qualquer pessoa pode abrir uma sala a qualquer momento, bastando compartilhar o link no grupo, explicando quanto tempo durará a sala.

Mais informações serão dadas no próprio grupo. Relaixa e baixa!

Em alguns dias esse artigo será atualizado e o modo de entrar será modificado, de modo a deixar possível a entrada apenas para pessoas comprometidas.

Nesse momento, basta apenas clicar aqui e entrar no grupo.


Rodrigo Nask

Sou Pó de Estrela que Bebe Pó de Café com Água.

5 comentários

Rodrigo Nasc · 27 de agosto de 2018 às 13:44

Estou por aqui para qualquer dúvida! 😉

Deixe um comentário

Avatar placeholder

O seu endereço de e-mail não será publicado.